Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
TV / SAIU EM DEFESA

Giselle Itié relembra clique quando criança e se manifesta sobre o caso da menina de 10 anos grávida: “Que país é esse?”

Ela dividiu nas redes sua indignação com o posicionamento do Estado e dos fundamentalistas religiosos no caso

Redação Contigo! Publicado em 17/08/2020, às 10h02 - Atualizado às 10h43

Giselle Itié relembra clique quando criança e se manifesta sobre o caso da menina de 10 anos grávida - Reprodução/Instagram
Giselle Itié relembra clique quando criança e se manifesta sobre o caso da menina de 10 anos grávida - Reprodução/Instagram

O caso da menina de 10 anos, grávida, estuprada pelo tio desde os 6 anos, tomou conta da web no último domingo, 17, e celebridades como Giselle Itié não deixaram de se manifestar sobre o caso nas redes sociais.

Em seu perfil no Instagram, a atriz relembrou um clique com seus seguidores ao lado de sua irmã quando tinha 10 anos de idade. Na legenda da publicação, a mãe do Pedro Luna mostrou sua indignação com o caso e o posicionamento dos superiores e religiosos:

“Eu, dez anos de idade, menina de tudo que só sabia ser criança. Minha irmã, seis anos, recém menina de tudo que só sabia ser criança. É inacreditável como o Estado não protegeu, rapidamente, a vida de uma criança de dez anos. Que se encontra grávida após ser estuprada desde os seis anos de idade! É inacreditável como esses fundamentalistas religiosos esbravejam e expõe uma criança para que ela seja obrigada a parir! Que país é esse?”.

DESABAFOU

Giselle Itié desabafou no último sábado (15) sobre a rotina de ser mãe solteira.

A atriz surgiu em um clique em preto e branco no espelho e escreveu um poema para falar sobre a dificuldade de criar o filho sem ter o pai como companheiro. O pequeno Pedro Luna é filho dela com Guilherme Winter, mas os dois estão separados.

"A solidão de uma mãe solo é tão assustadora a ponto de estourar a alma até quebrar os ossos. (Sim, nasci no México. Não, não é drama)", escreveu ela na legenda, completando com a frase "As mães solo precisam esbravejar".