Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
TV / DESABAFO

Erika Januza diz que está entalada após história de racismo: "Não posso colocar para fora"

Em depoimento, atriz deixou fãs intrigados ao dizer que é 'doida' para expor história recente

Redação Contigo! Publicado em 17/06/2020, às 09h48 - Atualizado em 25/06/2020, às 23h14

Erika Januza desabafa ao relatar caso recente de racismo - Reprodução
Erika Januza desabafa ao relatar caso recente de racismo - Reprodução

A atriz Erika Januza, que está esperando a volta da novela Amor de Mãe, conversou com a jovem ativista Ndeye Fatou Ndiaye e deu um depoimento forte sobre um caso recente de racismo que sofreu.

"No trabalho, não vai dar para eu te contar, mas eu já passei. Sou doida para contar essa história. Ela está aqui (faz gesto apontando pra a garganta), mas não posso colocar ela para fora. Digo: neste momento, como atriz, já passei. Mas antes também. Eu trabalhava como secretária, mas sempre tinha uma coisa de olharem: “Quem é essa menina que está aqui na recepção, na porta de entrada do lugar?”, relatou ela em uma conversa franca.

A atriz também contou como lida com o preconceito. Ela relata que participou de muitos concursos de beleza e que chegou a ser chamada de "horrorosa" pela mãe de uma das concorrentes.

Agora, atriz da TV Globo, os casos não deixam de acontecer.

"A gente fica com raiva. Um dia eu estava aqui na Barra, me chamaram no trânsito por causa de um negócio que aconteceu no engarrafamento. "Tinha que ser neguinha mesmo!" Aquele negócio me deu tanta raiva", disse ela.

No momento, Januza afirma que ficou paralisada. "Me cegou de indignação! Ele foi embora no carro e não tinha como eu ir atrás (...) O fato de ser atriz não me blinda de nada, diminui. Quem achava feia, agora acha linda, quem achava "preta demais" agora diz: "Nossa, você tem os traços finos... Tem um bloqueio por causa a profissão. Mas as coisas acontecem", declara.