tv   / EMOÇÃO

Em entrevista raríssima, William Bonner desabafa ao falar sobre o filho: ''Reagi por instinto''

Segurando a emoção, jornalista deu uma declarações tocante em programa de TV

Redação Contigo! Publicado quarta 27 maio, 2020

Segurando a emoção, jornalista deu uma declarações tocante em programa de TV
Em entrevista raríssima, William Bonner desabafa ao falar sobre o filho - Reprodução

O jornalista William Bonner fez um desabafo sincero em uma raríssima entrevista que foi ao ar nesta terça-feira, 26.

Em conversa com Pedro Bial, ele contou porque decidiu denunciar publicamente a fraude envolvendo o filho.

"Reagi por instinto. Eu sou pai. E o instinto me fez escrever um texto, voltar à rede social, com o objetivo de apresentar uma denúncia. Coisas estranhas aconteceram. A imprensa deu muita visibilidade a isso, o que foi bom. Mas aí circularam ainda pela internet vídeos que o acusavam efetivamente de ter feito o pedido e recebido. E cobravam isso do pai e da mãe. De William e de Fátima [Bernardes]. Tinha um sujeito chamando meu filho de cafajeste. Era uma coisa que transbordava um ódio", desabafou o jornalista.

Em uma conversa franca, ele também se emocionou ao falar dos ataques que está sofrendo.

"Quem, em meio a uma pandemia, com milhares de mortes, com centenas de milhares de pessoas doentes, teria a ideia, do nada: 'Vou fazer o seguinte, não tô fazendo nada, vou entrar no site do Ministério da Cidadania ou do Dataprev, e vou verificar se o filho do William Bonner tentou se inscrever para receber os R$ 600 da ajuda que o governo destina para os que perderam a renda. Esse é o tempo que estamos vivendo hoje", refletiu com lágrimas nos olhos.

Nesta terça, a Globo denunciou uma "campanha de intimidação" contra o jornalista.

Comandante do Jornal Nacional, ele tem sofrido ataques: além do uso irregular do CPF do filho no cadastro do auxílio emergencial, o jornalista também foi vítima de ameaças.

"Tanto o jornalista quando a sua filha receberam por WhatsApp em seus telefones pessoais mensagem vinda de um número de Brasília com uma lista de endereços relacionados a ele e os números de CPFs dele, de sua mulher, seus filhos, pai, mãe e irmãos, o que abre a porta para toda sorte de fraudes", diz a nota.

Último acesso: 06 Jul 2020 - 18:23:51 (1111605).