Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!

Bia Arantes fala sobre sua nova personagem e elogia parceria com Johnny Massaro

Atriz estará em 'Deus Salve o Rei', nova novela das 19h da Globo

Redação Contigo! Publicado em 04/01/2018, às 10h19 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h45

Bia Arantes - Globo/Raquel Cunha
Bia Arantes - Globo/Raquel Cunha

No ar ainda em Carinha de Anjo, do SBT, Bia Arantes também estará na telinha em outra novela a partir da semana que vem. A atriz está de volta à Globo e integra o elenco da nova trama das 19h, Deus Salve o Rei.

No folhetim, a morena irá interpretar a sedutora Brice, uma jovem de gestos contidos, que não grita e não reage fisicamente a nada. "É uma personagem bem diferente de tudo que já fiz. Ela é uma mulher sensual, misteriosa, que tem essa relação forte com os homens e com a própria sexualidade", explicou a atriz, em entrevista ao Gshow. 

Em cena, Bia irá contracenar com o ator Johnny Massaro, com quem já havia trabalhado no longa O Filme da Minha Vida. "Nunca estive em um elenco tão incrível. Mas o Johnny, além de achá-lo o melhor ator da minha geração, é um cara deslumbrante em qualquer papel. Ele é uma pessoa muito incrível, então estar e contracenar com ele é sempre um prazer enorme. A única coisa difícil é que o Johnny é muito engraçado e, como a minha personagem é séria, às vezes, começo a gravar a cena prendendo o riso. É complicado, mas é uma delícia.", afirmou ela. 

Escrita por Daniel Adjafre e com direção artística de Fabrício Mamberti, Deus Salve o Rei estreia na próxima terça-feira, 9 de janeiro.

Bia também poderá ser vista nos palcos. A atriz estreará como protagonista no próximo sábado (6), com a segunda temporada do espetáculo Léo e Bia, uma das criações mais conhecidas de Oswaldo Montenegro, dirigida por Leonardo Talarico. Para se preparar para viver a personagem homônima, a atriz estudou por 1 ano e 4 meses.  O espetáculo, sucesso de crítica, narra a autobiografia do autor, contando sua história e de toda sua trupe teatral. Nele, é possível sentir a força da busca pelos sonhos e o destaque de valores como respeito, afeto, tolerância. Feita e apresentada nos anos 80, Léo e Bia já virou filme premiado no Festival de Cinema Cine PE 2010.