Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
TV / DESABAFO

Abalada, Samantha Schmutz pede que famosos enxerguem a realidade: "Ostentar agora é cafona"

Em programa de TV, atriz justificou sua postura combativa e pediu que famosos saiam do mundo da fantasia

Redação Contigo! Publicado em 17/06/2021, às 07h57

Samantha Schmutz pede que famosos enxerguem a realidade do país: "Ostentar agora é cafona" - Reprodução/TV Globo
Samantha Schmutz pede que famosos enxerguem a realidade do país: "Ostentar agora é cafona" - Reprodução/TV Globo

A atriz Samantha Schmütz soltou o verbo ao aparecer no Saia Justa desta quarta-feira (16) para justificar seu comportamento combatido. Ela insistiu que é o momento de se posicionar.

"Quem tem voz, tem que falar. Pra que você tem voz? A gente tem que silenciar quem não quer falar. Eu não parei de seguir muitas pessoas que eu até gostaria, mas eu não vou dar like, não vou curtir, não vou dar engajamento pra quem não tô vendo se preocupar com o país. Eu fico indignada com quem tem voz e não fala", declarou.

A atriz insistiu que a questão não é declarar votos na próxima eleição e sim cobrar um controle maior da pandemia, ato que pode evitar muitas mortes. 

"Nesse momento, não é uma coisa de escolher partido ou candidato. É ficar do lado da vida dos brasileiros. Pra que que a gente conquistou tanta voz? Pra que a gente tem milhões de seguidores? É só pra vender produto? É só pra isso? Não, gente! Podem até não concordar comigo, mas eu penso assim. Pra mim não adianta ter voz se eu não poder usar", completou a atriz.

PAULO GUSTAVO

Na conversa com Monica Martelli, Gaby Amarantos, Pitty e Astrid Fontenelle, ela lembrou que a perda do amigo Paulo Gustavo foi um divisor de águas. A postura do presidente também rendeu críticas da atriz.

"Essa coisa da morte do Paulo (Gustavo) e ele era um símbolo, uma alegria pro Brasil. Isso mexeu muito comigo e dois dias após o enterro de Paulo, eu vi o presidente imitando uma pessoa sem ar e eu fiquei, 'não, não é possível. É um desrespeito as famílias sofrendo nos hospitais. Fiquei imaginando o Paulo cheio de tubos, de cabeça para baixo, de bruços, pra tentar respirar. As pessoas tão lutando pela vida e não da prá brincar com isso."

Ao fim, ela mandou um recado para as celebridades e insistiu que elas precisam entender o que está acontecendo. "E o que a gente pode fazer pra ajudar? Vamos dar um tempinho da palhaçada, do tik tok, da dancinha, pode fazer tudo, mas o assunto tá muito serio. Eu passo por feeds em que as pessoas estão vivendo num mundo de Nárnia [mundo da fantasia], um mundo que não é o meu, então até entendo elas não falarem, tão em outro país. Não é possível. Ostentar agora é cafona."

Veja:

SUCESSOR!

O apresentador Luciano Huck confirmou na madrugada desta quarta-feira (16) que foi escolhido para substituir Faustão no comando do Domingão

Em entrevista no Conversa com Bial, ele revelou que está ansioso, mas ciente de sua responsabilidade.