Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Novelas / Ameaças

Fina Estampa: Tereza Cristina ameaça matar René após humilhação

O chef do Brasileiríssimo dirá poucas e boas na cara da vilã nos próximos capítulos; saiba mais

Redação Contigo! Publicado em 10/08/2020, às 18h05

O chef do Brasileiríssimo dirá poucas e boas na cara da vilã nos próximos capítulos; saiba mais - Reprodução/TV Globo
O chef do Brasileiríssimo dirá poucas e boas na cara da vilã nos próximos capítulos; saiba mais - Reprodução/TV Globo

Após ser humilhada pelo ex-marido, Tereza Cristina (Christiane Torloni) tentará matar Renê (Dalton Vigh).

Nos próximos capítulos de Fina Estampa, a vilã e o ex terão uma discussão calorosa. A briga começará quando a socialite debochar do papo do pai de seus filhos ao telefone: "Rápido no volante, lento na cama. Está tudo explicado. Cuidado! Excesso de virilidade pode ser perigoso", comenta.

O chef do Brasileiríssimo,afirmará, que pelo tom de voz da ex, a noite com Peireirinha (José Mayer) não foi nada boa e dirá: "Sair de camisola no meio da noite não é uma boa ideia. Vão imaginar que você está ficando louca igual a sua mãe."

Ofendida com o comentário do seu passado, a socialite atacará o marido o chamando de oportunista. O empresário rebaterá dizendo que tudo que a ex-mulher mais queria era vê-lo de volta na mansão: "Você só concordou em devolver meu dinheiro porque achou que ia ganhar pontos comigo para me seduzir, mas se deu mal", dispara.

"Você não presta. Sempre me explorou, tirou proveito da minha bondade. Cínico, gigolô", grita a socialite: "Se você sabia que eu ainda te queria e te amava, porque voltou? Para me roubar ainda mais? Para continuar me explorando?", dirá Tereza Cristina.

Renê ressalta que retornou à mansão para proteger os filhos da loucura da mãe: "E isso não inclui pagar pedágio sexual". Em seguida, ele dá um ultimato em Tereza: vai sair de casa e levar os filhos.

A ricaça perde a cabeça e ameaça o ex: "Mais não vai mesmo. Antes disso eu te mato"."Eu não duvido. Levando em conta seus antecedentes, você não ia pensar duas vezes antes de se livrar de mim", rebate René.