Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Novelas / Parecidas

As semelhanças e diferenças entre 'O Clone' e 'Órfãos da Terra'

Parecidas? Comparamos a estreia 'Órfãos da Terra' com a clássica 'O Clone'

Redação Contigo! Publicado em 02/04/2019, às 12h05 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

'O Clone' e 'Órfãos da Terra' - Divulgação/Globo
'O Clone' e 'Órfãos da Terra' - Divulgação/Globo

É verdade: Órfãos da Terra tem muitas semelhanças com um dos maiores sucessos das novelas da Globo: O Clone. Vamos tentar descobrir as semelhanças e diferenças?

A TRAMA

É semelhante? Na medida que toda novela é semelhante: temos uma mocinha sofrida cuja vida vira de ponta-cabeça, um amor impossível (em O Clone era por causa dos costumes, em Órfãos da Terra por causa de uma trama dos vilões) e a adaptação de muçulmanos no Brasil.

É diferente? O Clone tinha um pano de fundo muito ligado à ficção científica e as questões éticas em torno da clonagem humana, que era um assunto em alta na época. Órfãos da Terra abordará um assunto que está em alta agora, o dos refugiados. Outra coisa bastante diferente é o tom: O Clone era uma novela que ficava o tempo todo falando de destino, almas destinadas e tinha algo místico no amor dos protagonistas. Órfãos da Terra parece mais pé no chão, mais interessada nas questões físicas e interpessoais que nas espirituais (o que, imagino, seja também por ir ao ar logo depois de uma novela de temática espírita como Espelho da Vida).

ISLAMISMO

É semelhante? Sim, ambas as novelas têm personagens muçulmanos e lidam com a cultura do Oriente Médio de maneira direta, embora a trama de fato se passe no Brasil. Nisso se incluem todos os pontos mais controversos da religião: a poligamia e a repressão às mulheres, por exemplo. Falaremos mais sobre isso abaixo.

É diferente? Também é. O Clone era uma novela que usava os elementos do islamismo como algo exótico e muitas vezes como humor: vide os inúmeros bordões gerados pela novela, muitos falados em árabe e dos quais o público nem sabia o significado de fato.

POLIGAMIA

É semelhante? Em O Clone, Said (Dalton Vigh) se casava com duas mulheres ao longo da trama: Jade (Giovanna Antonelli), a protagonista, e Ranya (Nivea Stelmann). O personagem era uma força antagônica na trama e que passou a tomar contornos de vilão no decorrer da novela. Em Órfãos da Terra, o vilão, o Sheik Aziz Abdallah (Herson Capri) também terá três esposas: Soraia (Letícia Sabatella), a primeira, Fairouz (Yasmin Garcez) e Áida (Darília Oliveira). Ele vai tentar casar com a mocinha, Laila (Júlia Dalavia) e isso inicia o conflito da trama.

É diferente? Pelo que dá para perceber, Órfãos da Terra vai pintar a poligamia de maneira mais negativa, associada diretamente ao vilão da trama. Em O Clone, isso foi feito de maneira um pouco mais discreta, mas a novela foi ao ar no começo dos anos 2000, então é compreensível a abordagem mais cautelosa.

ATORES

É semelhante? Aparentemente, achar atores com traços islâmicos no Brasil é difícil, então o elenco tem algumas coincidências. Letícia Sabatella, Eliane Giardini e Osmar Prado estiveram na trama de Gloria Perez e as duas primeiras farão personagens muçulmanas novamente.

É diferente? Se passaram quase vinte anos desde O Clone, então surgiu toda uma nova leva de atores e muitos deles estão em Órfãos da Terra: a maior parte do elenco é composta por atores com menos experiência se compararmos a nomes como Giovanna Antonelli ou Murilio Benício. É claro que o fato de ser uma novela das seis também contribui: Júlia Dalavia não teria sido escalada como protagonista às nove.

CULTURA

É semelhante? Com toda a certeza. Órfãos da Terra trará todas as coisas que caracterizam a cultura do Oriente Médio, incluindo dança do ventre, véus, joias, enfim... é bom se preparar para ver os "anéis da Jade" sendo vendidos novamente, agora com outro nome.

É diferente? Novamente, são quase vinte anos de diferença. Uma coisa bastante notória é que nesse meio-tempo houve um movimento intenso de direitos das mulheres no islamismo, e isso será refletido na trama de várias maneiras, desde as roupas fashion de Dalila (Alice Wegmann) à rebeldia de Soraia, que infelizmente será eliminada no início da trama.

CONCLUSÃO

A impressão é que há mais semelhanças superficiais que diferenças, mas a distância de tempo entre uma novela e outra justifica isso. Desde que Órfãos da Terra não comece a colocar personagens falando "muito ouro!", "inshalá" ou "arder no mármore do inferno", não vai parecer uma repetição, só uma coincidência de temática.