Contigo!
Busca
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Youtube Contigo!Tiktok Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / LUTO

Xanddy adia lançamento de música em respeito a morte de Gal Costa: "Lamento"

Xanddy adia lançamento de música com Ivete Sangalo e lamenta morte de Gal Costa

Redação Contigo! Publicado em 09/11/2022, às 19h02

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Xanddy adia lançamento de música em respeito a morte de Gal Costa: "Lamento" - Reprodução/Instagram
Xanddy adia lançamento de música em respeito a morte de Gal Costa: "Lamento" - Reprodução/Instagram

O cantor Xanddy adiou o lançamento de sua música com Ivete Sangalo que aconteceria nesta quinta-feira (10) em respeito a morte de Gal Costa.

Em comunicado compartilhado em seu perfil, ele afirmou que a sua música "Vamo ou Bora?", em parceria com Ivete Sangalo não será lançada nesta quinta-feira (10), como estava previsto anteriormente.

"Em respeito ao falecimento da grande cantora Gal Costa, informamos que será adiado o lançamento programado para esta quinta-feira (10/11), da canção 'Vamo ou Bora', música de trabalho do cantor Xanddy Harmonia, com a cantora Ivete Sangalo", informou o comunicado.

O cantor ainda lamentou o ocorrido: "Xanddy e toda sua equipe lamentam profundamente o acontecido e manifestam o sentimento de pesar a todos os familiares, amigos e fãs da cantora Gal Costa".

LUTO

A cantora Gal Costa faleceu nesta quarta-feira (09) e deixou um legado memorável na música brasileira.

Para homenagear a vida da artista de 77 anos, o velório será aberto ao público. O enterro, porém, sera restrito aos familiares.

Em comunicado enviado pela assessoria de imprensa, foi dado mais detalhes do velório.

"Gal Costa faleceu na manhã de hoje, dia 09 de novembro, em sua casa, em São Paulo. O velório, aberto ao público, será realizado na Assembleia Legislativa, também na capital paulista, na sexta-feira, dia 11 de novembro, das 9h às 15h. O enterro será fechado apenas para amigos próximos e familiares. Agradecemos o carinho de todos nesse momento tão difícil", dizia o comunicado. 

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!