Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Famosos / ENTREVISTA

Tiago Leifert participa de entrevista em 'Conversa com o Bial' e se antecipa: "Se ofendi alguém, já peço desculpas"

O apresentador do BBB não gosta de dar entrevistas mas abriu uma exceção para falar com Pedro Bial

Redação Contigo! Publicado em 07/05/2021, às 15h31

Tiago Leifert participa de entrevista em 'Conversa com o Bial' e se antecipa: "Se ofendi alguém, já peço desculpas"
Tiago Leifert participa de entrevista em 'Conversa com o Bial' e se antecipa: "Se ofendi alguém, já peço desculpas" - Reprodução/Instagram

Tiago Leifert confirmou a sua participação no Conversa com o Bial nesta sexta-feira (07) em suas redes sociais. A entrevista, que foi gravada ainda hoje pela manhã, vai ao ar à noite.

Nos stories do Instagram, Tiago Leifert deixou claro que não tem o costume de dar entrevistas, mas que fez uma exceção para conversar com o colega Pedro Bial, que apresentou 16 edições do Big Brother Brasil.

"Hoje gravei o Conversa com o Bial e vai ao ar hoje mesmo. Eu vou conversar com a única pessoa que entende o que é ser apresentador do Big Brother Brasil que é ele, Pedro Bial. Chorei de novo, me emocionei de novo. Foi muito legal o papo, muito bom conversar com ele. Nosso ídolo, nosso ícone".

Com receio de comentários que podem ser feitos depois da entrevista, ele já se defendeu antes: "Eu não costumo dar entrevista, não costumo falar com ninguém, então qualquer dúvida, não leia manchetes, vá ver o vídeo. E se eu tiver dito alguma coisa que ofenda alguém ou que eu tiver errado, eu já estou pedindo desculpa adiantado, não foi minha intenção, já estou me adiantando".

Para finalizar, o apresentador também falou do BBB dia 101, que será transmitido amanhã: "Amanhã tem o dia 101 do BBB. Estão terminando de editar lá, e eu vou chorar de novo, eu já chorei no Bial, ai meu deus, mas é de alegria gente. É alivio de ter conseguido entregar a temporada, de alegria, então amanhã eu choro de novo no ar. Completando meu ciclo de micos, dia 101 chegando".

ELIMINAÇÃO DIFÍCIL?

O apresentador Tiago Leifert revelou durante o programa A Eliminação nesta quinta-feira (6) que a eliminação de Karol Conká com a maior rejeição da história do programa não foi a mais difícil que ele fez.

Segundo o apresentador, os momentos mais dramáticos foram os que ele precisou eliminar participantes que estavam com problemas judiciais aqui fora.

"Eu tenho algumas eliminações difíceis. Essa não é a mais traumática pra mim. Eu acho que por mais que ela tenha saído com 99,17 e o público tenha ficado com vontade de falar umas verdades para ela, foi jogo. Tudo o que ela fez ficou dentro da casa. Eu já tive que tirar gente que estava com problemas aqui fora, Ministério Público, delegacia, inquérito. Isso me dói, me machuca, isso me dói demais. E eu não tô falando que tá certo ou não abrir inquérito, mas pelo que eu vi dos últimos anos nenhum foi pra frente. Sempre abrem, a delegada vai lá... isso me magoa, me deixa triste. A gente não tá ali pra isso, não queremos que ninguém saia preso do nosso programa, a gente não está ali pra isso. Essas são mais traumáticas, tive algumas que me doeram mais", desabafou ela.

Para o apresentador, foi mais fácil a eliminação porque nem família e nem plateia estavam presentes, o que evitou possíveis manifestações. Ele aproveitou a oportunidade para desmentiu uma teoria inventada pelos telespectadores.

É que no dia em que ela deixou a casa, a emissora inseriu um intervalo comercial entre o discurso de eliminação e a entrevista com o eliminado. Na época, fãs alegaram que ela recebeu orientação. Para Leifert, essa teoria é "uma idiotice"

"E no dela, não tinha família, não tinha plateia. Assim que ela saiu a gente fez um intervalo. E as pessoas: ah, fizeram um intervalo pra falar com ela. É óbvio que não, é uma idiotice, uma das teorias conspiratórias mais babacas que existem. Ela ficou lá do meu lado. Como a gente ia falar com ela? A gente fez um comercial porque vendeu. Na final foram seis, nunca fiz tantos", alegou ele.

Leifert também garantiu que ela não ficou chocada com a saída. "Eu sabia que ela sabia, ela estava soltando várias dentro da casa. Ela estava dando várias dicas já. Foi duro tirar com uma rejeição dessa, mas pelo menos não transbordou", declarou ele.