Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Famosos / DESABAFO

Mariana Belém comemora evolução do tratamento após descoberta de síndrome rara: "Anos de busca"

Filha de Fafá de Belém procurou vários médicos até receber um diagnóstico definitivo

Redação Contigo! Publicado em 23/07/2020, às 12h13 - Atualizado às 12h14

Mariana Belém relata tratamento contra síndrome rara - Reprodução
Mariana Belém relata tratamento contra síndrome rara - Reprodução

A influenciadora Mariana Belém, filha da cantora Fafá de Belém, emocionou os fãs ao publicar um relato sobre como está se recuperando de um susto.

Ela descobriu que era portadora da Síndrome de Cushing, causada pelo excesso de produção de cortisol pelas glândulas adrenais.

Agora, ela comemora os primeiros resultados do tratamento. "Venho dividindo com vocês meu processo de tratamento, meu renascimento e é engraçado como a maioria das pessoas liga isso ao emagrecimento. Emagrecimento foi consequência. Consequência de um tratamento hormonal que localizou meu problema de cortisol (Síndrome de Cushing) após anos de busca com vários profissionais", contou.

A síndrome provoca o acúmulo de gordura no corpo. Agora, com os níveis hormonais mais baixos, ela tem perdido peso.

"Ontem fiz uma sessão de microfisioterapia incrível. Ela trabalha traumas emocionais, crenças pré-estabelecidas e até doenças físicas", esclareceu.

Ela defendeu a ideia de que enfermidades aparecem como símbolo de algo maior.  "Uma doença é consequência ou sinal de um desequilíbrio, assim como um sentimento indesejado ou que nos traga um certo incômodo. A autocura é um caminho para o equilíbrio, é harmonizar o seu corpo físico, mental, emocional e espiritual. Estando tudo em equilíbrio, não ficamos doentes constantemente, não nos sentimos com baixa energia e disposição, nos sentimos mais dispostos a fazer o que mais amamos, a cuidar de nós mesmos e dos outros", disse.

Veja: