Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / TRISTEZA

Jô Soares foi acusado de esconder seu único filho que faleceu após doença grave: "Jamais"

Jô Soares foi acusado de esconder Rafael Soares, fruto de seu primeiro casamento

Redação Contigo! Publicado em 05/08/2022, às 08h08

Jô Soares foi acusado de esconder seu único filho que faleceu em 2014: "Jamais" - Reprodução/TV Globo
Jô Soares foi acusado de esconder seu único filho que faleceu em 2014: "Jamais" - Reprodução/TV Globo

O humorista Jô Soares, que faleceu aos 84 anos na madrugada desta sexta-feira (5), não deixou herdeiros.  É que apesar de ter vivido relacionamentos longos com várias famosas, incluindo três casamentos, ele teve apenas um filho, já falecido.

Ao longo de sua trajetória, ele foi pai de Rafael Soares, fruto do seu relacionamento com a atriz Therezinha Millet Austregésilo. Ela foi a primeira esposa do humorista, ainda entre os anos de 1959 e 1979.

Rafael Soares morreu aos 50 anos, no dia 31 de outubro de 2014, no Rio de Janeiro. Na época, ele ficou internado por vários dias no Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro, e lutava contra um câncer no cérebro.

Ele tinha autismo e era muito querido pelo pai. Tanto que Jô Soares o citava com frequência em suas entrevistas - que eram raras. 

"Eu tenho um filho que é autista, tem uma série de problemas que em certos momentos até se agravam ou se agravaram, já é uma condição genética que ele tem e claro que é uma situação mais difícil de você se comunicar com o filho, que tem dificuldade de se comunicar com você e com todo mundo", disse o apresentador em uma entrevista em 2013.

Em uma de suas últimas entrevistas, ao Conversa com Bial, ele negou que tenha "escondido" o filho.

“Eu jamais esconderia meu filho. Tinha orgulho desse talento musical que ele tinha, um ouvido absoluto. Ele fez a música do meu show, tinha um dom”, declarou.

PARTIDA

Morreu na madrugada desta sexta-feira (5) o apresentador, humorista, ator e escritor Jô Soares. Ele faleceu por volta das 2h30 desta sexta-feira (5), aos 84 anos.

Um dos gênios do humor brasileiro, ele criou vários personagens icôncios, foi roteirista, escritor e entrevistador - seu “Programa do Jô”, exibido na TV Globo de 2000 a 2016, marcou época.

Jô Soares estava internado desde 28 de julho no Hospital Sírio-Libanês, na região central de São Paulo. Ele lutava contra uma pneumonia.

Veja: