Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Famosos / DESABAFO

Ex-Twister Sander Mecca revela ter sido abusado sexualmente na época do grupo: "Uma pessoa próxima"

Agora com 38 anos, cantor relatou como o grupo era tratado no início dos anos 2000

Redação Contigo! Publicado em 21/09/2021, às 17h09

Ex-Twister Sander Mecca revela ter sido abusado sexualmente na época do grupo: "Foi uma pessoa próxima" - Reprodução/Instagram
Ex-Twister Sander Mecca revela ter sido abusado sexualmente na época do grupo: "Foi uma pessoa próxima" - Reprodução/Instagram

Sander Mecca, ex-integrante e líder do Twister, revelou que foi vítima de abuso sexual na época que o grupo ainda era ativo, ou seja, nos anos 2000. 

Em entrevista ao TV Fama, o músico de 38 anos afirmou que o responsável pelo delito foi uma pessoa próxima aos rapazes: "Foi um fato isolado de uma pessoa próxima dali, que gerenciava".

Ele também detalhou que o grupo não era bem tratado e sofria com condições severas: "Parecia cárcere privado, era como se fosse um centro de treinamento. Não podia ter celular, não podia ter namorada".

Sander aproveitou para dizer que está escrevendo um livro sobre sua trajetória: "Nesse vou falar do abuso sexual que sofri. Quero escrever um livro de verdade. Mas, antes disso, quero escrever uma nova história [de vida], em cima da verdade e do amor".

DESABAFO

Líder da banda Twister, um dos maiores sucessos dos anos 2000, o cantor Sander Mecca desabafou nas redes sociais ao revelar que voltou a ser internado em uma clínica de reabilitação.

Lutando há três anos contra o vício em drogas, ele surgiu durante a internação e disse que era a hora de pedir ajuda após um novo "ciclo de racaídas".