Contigo!
Busca
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Youtube Contigo!Tiktok Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / DESABAFO

Esposa do sertanejo Kleber quebra o silêncio sobre a morte do marido: "Obrigado até pelas broncas"

Em publicação nas redes sociais, ele homenageou o cantor que morreu aos 37 anos após lutar bravamente contra a Covid-19

Redação Contigo! Publicado em 09/07/2021, às 15h35

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Esposa do sertanejo Kleber quebra o silêncio sobre a morte do marido: "Obrigado até pelas broncas" - Reprodução/Instagram
Esposa do sertanejo Kleber quebra o silêncio sobre a morte do marido: "Obrigado até pelas broncas" - Reprodução/Instagram

Dias após perder o marido, o cantor sertanejo Kleber, a jovem Vanda Gonzaga se pronunciou nas redes sociais nesta sexta-feira (9) e prestou uma homenagem ao marido.

Ainda abalada com a perda, ela foi firme e se declarou à família.

"Sei que já te falei inúmeras vezes o que vou escrever aqui, mas deixarei registrado. Primeiro, quero dizer que este é o sorriso mais lindo que já vi. Segundo, quero agradecer por tudo que você fez por mim e pela Duda (filha do casal)", declarou.

Ela agradeceu ao marido que partiu apenas aos 34 anos. "Obrigado por tudo, até mesmo pelas broncas, hoje entendo que foram necessárias para me tornar uma mulher mais forte. Você pensou em tudo, foi me preparando todo esse tempo. Agora entendo toda a sua intensidade: você tinha pressa de viver, sempre foi muito intenso em tudo", disse afirmou.

Kleber Oliveira faleceu na última segunda-feira. Ele estava internado no Hospital Estadual da cidade de Américo Brasiliense, no interior de São Paulo. Ele sofreu complicações severas da Covid-19 e tinha apenas 37 anos.

Ao lado do parceiro, ele formava uma dupla considerada uma promessa do gênero.  Sucesso no Youtube, ele gravou canções que fizeram sucesso na plataforma, entre elas 'Tô Vendo que Você Tá Bem', 'Troféu Solidão', 'Ela não é Você' e 'Garrafa Vazia'.

Veja:

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!