Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Famosos / DESABAFO

Carol Castro esclarece namoro à distância com Bruno Cabrerizo: "Não é fácil"

Em entrevista, Carol Castro esclarece como eles lidam com o namoro em países diferentes

Redação Contigo! Publicado em 01/12/2021, às 10h42

Carol Castro esclarece namoro à distância com Bruno Cabrerizo: "Não é fácil" - Reprodução/Instagram
Carol Castro esclarece namoro à distância com Bruno Cabrerizo: "Não é fácil" - Reprodução/Instagram

A atriz Carol Castro esclareceu detalhes do relacionamento que vive à distância com o ator Bruno Cabrerizo em uma entrevista rara. Os dois estão juntos há mais de dois anos, mas enfrentaram períodos juntos e afastados.

Isso porque o galã tem família na Europa e costuma fazer várias viagens para encontrar os filhos. 

"Não é uma coisa fácil viver um relacionamento à distância. Ele lida com isso muito melhor do que eu, porque já era acostumado", afirmou em entrevista à coluna de Patrícia Kogut, do jornal 'O Globo'. 

"A gente está há dois anos superando esses obstáculos, com videochamadas e mensagens. Não sei como vai ser agora neste período, se vou conseguir ir para Portugal vê-lo. Tudo vai depender da minha agenda de trabalho."

Na entrevista, ela também esclareceu como faz para criar a filha, Nina, com a presença do pai, Felipe Prazeres. Ela faz questão de que a pequena conviva com os dois. 

"É complicado. Eu e ele não temos uma rotina comum de trabalho, a gente se desenrola. Obviamente, temos também pessoas de confiança que ficam com ela. A gente se fala todos os dias e organiza tudo. Procuramos ter uma relação legal por conta da nossa filha. Obviamente, nem sempre é um mar de rosas. Tem horas que discordamos de algo", afirmou ela.

CONTOU TUDO

Carol Castro falou pela primeira vez sobre sua tatuagem na barriga, perto da virilha.

Em entrevista para o canal de Thais Fersoza, a esposa de Michel Teló, no YouTube, a atriz contou que o desenho foi resultado de um ato de rebeldia na adolescência após uma fase conturbada de bullying.