Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / PRECISOU APRENDER

Bruno Gagliasso relembra racismo sofrido pelos filhos e desaba: "Fiquei muito mal"

Bruno Gagliasso relembra episódios de racismo sofridos pelos filhos no passado e faz desabafo ao participar de programa no GNT

Redação Contigo! Publicado em 07/07/2022, às 15h58

Bruno Gagliasso lamentou os ataques racistas sofridos por seus filhos recentemente - Reprodução/GNT
Bruno Gagliasso lamentou os ataques racistas sofridos por seus filhos recentemente - Reprodução/GNT

Ao participar do Saia Justa, no GNT, nesta quarta-feira (06), Bruno Gagliasso se emocionou ao falar sobre os ataques racistas sofridos pelos filhos, Titi e Bless.

Ele explicou ter ficado muito mal com o preconceito sofrido pelas crianças, principalmente por perceber que também possuía atitudes racistas, enraizadas em suas atitudes cotidianas.

"A gente tem que ir para ação. É muito fácil falar 'eu não sou racista', mas e o que você faz para combater o racismo? Eu sou um cara que aprendeu tomando porrada por conta dos meus filhos e quando caiu minha ficha, fiquei muito mal porque vi que era racista", lamentou o ator.

Em seguida, ainda no bate-papo com Astrid Fontenelle, Sabrina Sato, Luana Xavier e Larissa Luz no programa do GNT, o marido de Giovanna Ewbank explicou seu atual posicionamento contra o preconceito racial.

"Vou ser um eterno antirracista e vou estar sempre em desconstrução porque fui criado de uma maneira que não me ajudou, não fui educado dessa maneira. Tive que aprender vendo os meus filhos sofrerem e isso é muito forte, muito difícil", disse Bruno Gagliasso.

GALVÃO BUENO MANDA RECADO PARA CASAGRANDE

Parceiro nas transmissões esportivas por décadas, Galvão Bueno se pronunciou nas redes sociais após o anúncio da saída de Casagrande da Globo. O ex-atleta anunciou sua decisão e disse que foi fruto de um "comum acordo".

"Casão, eu quero te dizer que lembrei bem de sua estreia na Globo, de lá para cá foram seis Copas do Mundo, Olimpíadas, o pentacampeonato... alegrias, tristezas, desentendimentos, tudo o que faz que duas pessoas tem o prazer de trabalhar juntos", disse ele.