Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / TRISTE

Aos prantos, Vanessa da Mata lamenta morte do animal de estimação: “Indescritível a dor”

Cantora expõe momento de fragilidade nas redes e explica motivo da morte de sua cachorrinha de apenas 2 anos

Redação Contigo! Publicado em 09/06/2021, às 09h58

Aos prantos, Vanessa da Mata lamenta morte do animal de estimação: “Indescritível a dor” - Reprodução/Instagram
Aos prantos, Vanessa da Mata lamenta morte do animal de estimação: “Indescritível a dor” - Reprodução/Instagram

Vanessa da Mata comoveu os fãs na última terça-feira (08) ao dividir momento delicado que está passando após a morte de sua cachorrinha, Cora Coralina, vítima de uma parada cardíaca aos 2 anos.

Inicialmente, a cantora assustou os seguidores ao surgir aos prantos nos Stories do Instagram sem dizer nada. Instantes seguintes, ela esclareceu o motivo de tamanha tristeza.

"É indescritível a dor de perder um ser tão puro, que só trazia alegria a nós todos. Meus filhos e minha família toda estão sofrendo. Muitos sabem o que é isso, outros não fazem ideia. Só sei que a coisa é muito pior do que só imaginar. É um buraco dentro, que enterra e cabe dentro o luto. É horrível", disse ela.

Em outra publicação, mas desta vez no feed, a equipe de Vanessa da Mata deu mais detalhes. "Com muita tristeza informamos que a pequena Cora Coralina virou uma estrelinha no céu. Cora tinha um probleminha cardíaco e, nesta noite, ela sofreu uma parada cardíaca e seu coraçãozinho não resistiu. Em pouco mais de dois anos de vida, a nossa 'Tufo' nos trouxe momentos de muito amor e será sempre lembrada pelo seu jeito carinhoso e sua alegria", informaram.

DESABAFOU

A cantora Paula Fernandes abriu o coração em uma entrevista e rebateu as críticas que sofre há anos por ser supostamente antipática. Com sinceridade, ela alegou que seu profissionalismo é muitas vezes confundido com falta de simpatia.

"Era simplesmente a minha postura de chegar em um ambiente, eu estava ali para fazer o meu trabalho. Não estava ali para tomar cachaça com o contratante, não estava ali pra poder ficar de 'trelelê' com ninguém. Isso foi mal visto muitas vezes", contou ela para o canal "Papo de Música", no Youtube.

Na conversa, a sertaneja também relembrou o período de profunda depressão que enfrentou no passado.