Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!

Pablo, o rei da sofrência, sobre a família: "Sou coruja e carinhoso com eles"

Em sua mansão 
na capital baiana, 
o cantor se 
derrete pelo caçula Benjamin, da relação de 15 anos com Adriele, e fala da luta para emagrecer 18 quilos

Por Adriana Trujillo Publicado em 12/05/2016, às 11h50 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h44

Pablo, o rei da sofrência - Caio Guimarães
Pablo, o rei da sofrência - Caio Guimarães
Ele nasceu Agenor, mas foi como Pablo, 30 anos, que ficou conhecido em todo o Brasil. Considerado o “rei da sofrência”, o cantor, que foi alçado à fama após o hit Homem Não Chora, deixou para trás a infância pobre no interior da Bahia e vive há um ano em uma mansão de quatro andares, em um condomínio de alto padrão em Salvador, com a família. “Vendia verdura na feira, picolé e à noite tocava em barzinho, pois não dava para viver só da música. Me esforcei muito e nunca me faltou fé. Formei dupla, participei de banda e as coisas foram acontecendo muito naturalmente”, conta ele durante entrevista à CONTIGO!
Pablo está há 15 anos com a mulher, Adriele Campos, 28, seu primeiro amor, com quem têm três filhos, Victor, 8, Gabriel, 4, e o caçula Benjamin, 1 mês. Apesar de três meninos, ele não pretende tentar uma menina. “Quero encerrar por aqui. Filho não é só fazer, é uma responsabilidade muito grande. O futuro a Deus pertence, mas três está bom demais da conta”, diz ele. 
A luta contra a balança faz parte da rotina de Pablo. Há cinco anos ele vive no efeito sanfona. “Sempre que estou bem dou aquela escorregada e engordo de novo”, conta ele, que está em uma dieta regrada para emagrecer 18 quilos. “Meu médico, Gabriel Almeida, puxou a minha orelha e estou fazendo dieta balanceada, comendo tudo bem saudável e voltei a malhar. Agora só depende de mim”, ressalta ele, que adora fazer churrasco em casa.

PRIMEIRO AMOR
Adriele foi a primeira namorada séria de Pablo, que tinha 15 anos quando a conheceu. O casal foi apresentado por um amigo em comum e Pablo revelou que se interessou por ela logo de cara. “Trocamos telefone, começamos a nos falar, marcamos para nos encontrarmos e não nos largamos mais. Hoje em dia não se vê mais isso, as pessoas se separam muito rápido. Nosso amor é verdadeiro e para dar certo tem de ter paciência e sabedoria. Todos os casais se desentendem, mas a gente procura sempre olhar o lado bom das coisas”, considera ele. “Sou tímido. Adriele me conhece pelo olhar e sabe o que quero dizer”, completa. 

"Ela me conhece pelo olhar e sempre sabe o que quero dizer", diz ele sobre a mulher, Adriele

CASA DOS SONHOS
Ser pai sempre foi um desejo de Pablo. Apesar de fazer 20 shows por mês, o cantor procura dedicar o máximo de tempo aos filhos quando está em casa: “Sou coruja e carinhoso com eles. Busco na escola, brincamos e gostamos muito de viajar todos juntos. Sou muito grato por poder oferecer a eles o que eu nunca tive. Bons colégios, comer bem. Muitas vezes eu comia e não sabia quando seria a próxima refeição”, relembra o cantor, feliz com o nascimento do caçula. “Benjamin é mais uma bênção na minha vida. Não há como explicar a sensação de ter o terceiro filho.”
Quando começou a ganhar dinheiro, Pablo comprou um apartamento, mas sempre quis uma casa grande. “Juntamos dinheiro e conseguimos realizar nosso sonho. Fiz a casa exatamente do jeito que eu queria, com muito espaço, quartos para as crianças, nossa suíte, closet e até área gourmet.” 


Na área externa da casa, com os filhos Gabriel e Victor