O que aconteceu no Brasil enquanto Fina Estampa estava no ar pela primeira vez?

Fátima deixava o JN, Dilma fazia discurso histórico e o Brasil se despedia de grandes ídolos

Gustavo Assumpção Publicado quarta 3 junho, 2020

Fátima deixava o JN, Dilma fazia discurso histórico e o Brasil se despedia de grandes ídolos
O que aconteceu no Brasil enquanto Fina Estampa estava no ar? - Reprodução

Exibida originalmente pela TV Globo entre 22 de agosto de 2011 e 23 de março de 2012, a novela Fina Estampa foi exibida em um momento em que o Brasil vivia um período de mudanças. Com a primeira presidente mulher de sua história no comando, o país viu uma sucessão de eventos que marcantes. Será que você lembra estes dez fatos que aconteceram enquanto a novela de Aguinaldo Silva era exibida?

FACEBOOK VENCE ORKUT - Em 10 de setembro de 2011 a plataforma criada por Mark Zuckerberg e que já era a mais acessada nos Estados Unidos conquista a coroa de rede social mais popular também no Brasil. Ela ultrapassa em números de usuários o Orkut, então detentor dos recordes.

DILMA NA ONU - Em 21 de setembro de 2001, a então presidenta Dilma Rousseff, do PT, se tornou a primeira mulher chefe de estado a discursar na abertura da Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas, a ONU

ROCK IN RIO HISTÓRICO - Em 23 de setembro começava a quarta edição do Rock in Rio. Foi naquele ano que a cantora Claudia Leitte abriu o festival com uma apresentação que não saiu como o esperado: ao se pendurar em uma corda, ela acabou se atrapalhando e ficou imóvel no alto do palco. Também se apresentaram naquela edição o britânico Elton Johh, a popstar Rihanna, o astro Stevie Wonder e a colombiana Shakira

INVESTIGAÇÃO DA DITUDURA MILITAR - Em 18 de novembro de 2011, a então presidente Dilma Rousseff sancionava a lei que criava a Comissão Nacional da Verdade. Ela ficou ativa até 2014 e apurou denúncias de violação dos direitos humanos durante o período de ditadura militar

O ADEUS DE FÁTIMA - Em 5 de dezembro, a jornalista Fátima Bernardes deixava a bancada do Jornal Nacional e o jornalismo da TV Globo rumo ao entretenimento. A apresentadora deixava Patrícia Poeta e partia para comandar o projeto Encontro, que só estrearia em 25 de junho do ano seguinte

ÍCONE DA DEMOCRACIA - Em 4 de dezembro o Brasil se despedia do craque Sócrates. Ícone do período que ficou conhecido como "Democracia Corinthiana", o atleta foi uma voz importante no período de abertura política

MAIS ESTADOS? NÃO - Em 11 de dezembro, um plebiscito proposto pelo estado do Pará disse não para a criação de dois novos estados brasileiros. A possibilidade de criação dos estados de Carajás e Tapajós foi negada com 2/3 dos votos.

ADEUS AO GÊNIO JOÃO - Em 17 de dezembro morria o carnavalesco Joãosinho Trinta, um dos principais artistas populares do Brasil. Dez vezes campeão, ele foi imortalizado por criações como Ratos e Urubus, Larguem Minha Fantasia (1989) e Trevas! Luz! A criação do universo (1997)

O CHOQUE DO CASO ELOÁ - Em 16 de fevereiro de 2012, Lindemberg Alves é condenado a 98 anos e 10 meses pelo assassinato da ex-namorada, a estudante Eloá Pimentel. O caso que chocou o Brasil em 2008 finalmente chegava ao fim

AS CAMPEÃS DA FOLIA - Em fevereiro, no Rio de Janeiro, a Unidos da Tijuca conquistava seu terceiro título do Grupo Especial. Já em São Paulo, uma confusão na apuração acabou com notas rasgadas, incêndio e pancadaria. Ao fim, a Mocidade Alegre é declarada a campeã do Carnaval 

Último acesso: 20 Sep 2020 - 03:43:56 (1112474).