Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Exclusivas / ABRIU O JOGO

Marcos revela as consequências do primeiro ano de pandemia na carreira com Belutti: “Impactou completamente”

Em entrevista exclusiva, sertanejo conta as estratégias da dupla após agenda de 150 shows ao ano ser paralisada

Mariana Melro Publicado em 13/04/2021, às 13h57

Marcos revela as consequências do primeiro ano de pandemia na carreira com Belutti: “Impactou completamente”
Marcos revela as consequências do primeiro ano de pandemia na carreira com Belutti: “Impactou completamente” - Reprodução/Maurício Antônio

Após pouco mais de um ano do início da pandemia do novo coronavírus no Brasil, artistas seguem enfrentando desafios que nem imaginavam que viriam pela frente. Esse é o caso do sertanejo Marcos, da dupla com Belutti, que contou em entrevista exclusiva à CONTIGO! os desafios, as consequências e os aprendizados que eles, como músicos, enfrentaram com a paralisação da agenda atribulada de shows.

“Impactou completamente a nossa vida e a nossa carreira, porque a gente não parava em casa de tanto trabalhar e, hoje, nossa vida é ficar em casa, curtir e aproveitar a família. Esse é o lado bom da história e a nossa carreira...  A gente fazia uma média de 150 a 160 shows no ano e fizemos no ano da pandemia 8 shows. Então, impacta mentalmente, financeiramente”, revelou Marcos.

Com os espaços destinados às apresentações fechados como medida preventiva do combate à Covid-19 e, consequentemente, os eventos adiados, a dupla sente com a distância de seu público.

A gente sente saudade de encontrar os fãs, de subir no palco e ver o rosto das pessoas, os olhos brilhando para gente, as pessoas cantando nossas músicas, aquela energia e alegria... só quem vive sabe o quão surreal é. Então, [...] a gente sente muita falta de rodar esse Brasil e encontrar, conhecer pessoas que respeitam e admiram o nosso trabalho”, admitiu Marcos.

É inegável dizer que neste período muitos artistas sofreram dificuldades para encontrar fonte de renda para se manterem. No entanto, Marcos & Belutti sempre foram cautelosos na questão financeira  e isso amenizou perdas severas na renda da dupla.

Eu e o Belutti sempre fomos muito organizados e muito pés no chão. Então, todo dinheiro que a gente ganhou a gente investiu e não saiu torrando completamente. Neste momento que a pandemia veio a gente estava preparado... conseguimos segurar durante todo esse tempo. Porém, financeiramente falando, não vivemos o nosso melhor momento, claro”, relata.

Reprodução/Dezcarga
Caption

OS TRABALHOS

A dupla, que coleciona fãs por todo Brasil, teve que redirecionar estratégias na carreira e bolar novos planos para projetos que já estavam encaminhados.

“Nós vínhamos com uma pegada de shows e lançamento de músicas... Quando tudo isso aconteceu a gente barrou o lançamento de músicas até entender exatamente o que realmente iria acontecer”, explicou Marcos, que ainda acrescentou. “A gente tinha uma música para lançar com o Jorge & Mateus, mas seguramos ela uns 5, 6 meses até a hora de soltar. Quando a gente viu que não tinha hora para voltar com os shows a gente decidiu lançar a música, mesmo na pandemia. A música acabou andando, graças a Deus, porém, não vamos colher os frutos da música nos shows porque a gente não sabe quando os shows vão voltar”, lamentou.

AS LIVES

Em um ano de transformação e superação, em que todos foram obrigados a se reinventarem, ele ainda revelou que as lives foram uma alternativa para os artistas manterem a proximidade com os milhões de fãs.

As lives ajudaram muito a gente nesse momento. A gente não tinha muito acesso ao nosso público porque o maior acesso que a gente tinha eram os shows e a rede social, mas a rede social é diferente do que a gente passa no show. Então, a live deu essa possibilidade para gente de tocar para muito mais pessoas que o normal, fazer shows online e sentir, mesmo que de longe o carinho das pessoas, isso é muito gostoso”, disse.

Marcos também não deixou de pontuar a parte não tão boa das apresentações digitais.

O lado difícil é a frieza né, ao final de cada música, nos shows, normalmente vem os aplausos. No caso das lives é um silêncio, mas isso também vai acostumando”.

13 ANOS DE CARREIRA NA PANDEMIA

Marcos & Belutti completaram, no último dia 24 de março, 13 anos de carreira. Para celebrar a data, a dupla decidiu realizar uma live especial, com direito a apresentações das músicas lançadas no início da trajetória dos sertanejos, até os mais novos sucessos.

Ter comemorado a data em show virtual dividiu os sentimentos de Marcos, que abriu o coração à CONTIGO! Além de confessar que só tem a agradecer, principalmente aos seus fãs, afirmou que o décimo terceiro aniversário da dupla ficará marcado pelo resto da vida dos dois.

“O significado de comemorar os 13 anos vivendo esse momento tão difícil é grande, mesmo falando todos os assuntos difíceis, tudo que a gente perdeu com o fato do nosso mercado não ter voltado e da gente ter que ficar em casa, a gente só tem a agradecer a Deus. Porque o nosso público continua consumindo nossas músicas, a gente continua tocando o coração das pessoas e tendo a oportunidade de fazer live para muita gente. E o décimo terceiro ano de carreira vai ser inesquecível porque a gente nunca mais vai esquecer como a gente passou esse aniversário nesse momento tão difícil que o mundo está vivendo”, admitiu ele.