Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!

Maíra Charken sobre o vídeo show: "Não tenho vocação para desistir"

Sim, Maíra Charken continua no elenco do Vídeo Show! Segura de si e longe 
de se abalar com as críticas, ela já 
sabia que substituir Mônica Iozzi no 
vespertino global não seria tarefa fácil

Por Ligia Andrade Publicado em 13/05/2016, às 09h55 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h44

Maíra Charken - Fabrizia Granatieri
Maíra Charken - Fabrizia Granatieri
É como se tivesse feito tudo na vida chegar a este momento! Na verdade, hoje vejo que é um sonho real, mas com muito pé no chão”, analisa a atriz e apresentadora Maíra Charken, 37 anos. Há pouco mais de um mês, a holandesa naturalizada brasileira recebeu a difícil missão de integrar a bancada do Vídeo Show (Globo) e substituir Mônica Iozzi, 34, ao lado de Otaviano Costa, 42. Foi uma enxurrada de críticas e comparações, mas ela não se abalou. “Tudo tem acontecido como o esperado e, como não podia ser diferente, faço mil piadas sobre isso. Ressentimento para quê? Sou tão hiperativa, agitada, que não dou tempo à crise. Como minha terapeuta mesmo diz, não tenho vocação para desistir. Nem passa pela minha cabeça. Desistência? Nem sei o significado no dicionário”, avalia. Maíra ainda sente a euforia da estreia, aquele “carnaval de sensações”. Com o dia a dia, ela aprendeu a pôr as emoções no lugar certo. 
À vontade com o posto, destaca sua parceria com Ota na bancada: “Otaviano é uma das pessoas mais queridas e generosas da televisão”, elogia Maíra, cantarolando um clássico de Tom Jobim (1927-1994) e Vinicius de Moraes (1913-1980): “Ah, se todos fossem iguais a você, que maravilha viver...”
Após as críticas, a atração passou a ter um rodízio de apresentadores, que, segundo a TV Globo, prossegue. Procurada pela CONTIGO! para explicar por que Maíra não tem aparecido com frequência, a assessoria de imprensa da emissora explicou: “Porém, Aline (Prado, 33) vem intensificando sua participação na apresentação, e Maíra, na reportagem. Sobretudo este mês, em que Giovanna Ewbank está de férias. O que não impede, claro, que as funções se alternem, como já acontece”. 

LONGE DE POLÊMICAS
Viciada em internet, Maíra faz questão de ler tudo o que falam sobre ela e passa horas interagindo com os fãs nas redes sociais. “Muitos haters já viraram lovers, e assim segue a vida. Como diz aquele filósofo: “Os haters passarão e, eu, passarinho!”, brinca. Sobre as mudanças no programa, entre elas a entrada de Susana Vieira, 73, no time de apresentadores, Maíra coloca panos quentes. “Susaninha é diva. O que dizer sobre trabalhar com a rainha da televisão brasileira? Experiência única.” 
Ela também frisa que entende a estratégia da direção em fazer rodízio no posto. “Isso é uma característica desde sempre. Todos ali são mais que preparados. Somos um timaço.” 
Maíra é despachada e bem-humorada assim “desde cotoca”. A lista de profissões que sonhava em seguir na infância é enorme: atriz, cantora, bailarina, apresentadora, contorcionista e chef de cozinha. Em qualquer uma delas, se imaginava famosa. “O artista é, de certa forma, carente. Quer ser reconhecido, valorizado, assistido. E comigo não é diferente. Sempre gostei de chamar atenção e o humor é a minha melhor arma.” 


Maíra se diverte no parque da Lagoa Rodrigo de Freitas

CORRIDA NOS ESTÚDIOS GLOBO?
Desde que estreou no novo cargo, as idas à academia ficaram no passado. Como não consegue ficar parada, Maíra faz os exercícios em casa mesmo. “Estou pensando seriamente em levar uma roupa de ginástica e tênis para os Estúdios Globo e dar uma corrida por lá.” Apaixonada por tratamentos estéticos, adora experimentar novos aparelhos, mas foge quando o assunto é agulha e bisturi. Outra coisa que não deixa de fazer é acompanhamento nutricional. Com 1,60 metro e 53 quilos, vem sentindo no corpo o resultado de ter tirado a farinha branca e a lactose do seu dia a dia. “A dieta ficou mais fácil. Para me tirar dela, me ofereça vinho”, avisa aos risos. Ser chamada de gostosa não é um problema para ela – não depois dos 30 anos. “É uma necessidade! Nos 20, a gente quer ser inteligente. Depois dos 30, quero ser gostosa, mesmo.” 

CADÊ OS HOMENS?
O passatempo de Maíra é estar com seus cachorros, Pipo (poodle), Kintsi e Amelie (vira-latas). “Os três foram resgatados e adotados por mim.” Solteira, “por livre e espontânea falta de vontade”, ela não reclama de seu status, mas sonha em casar de véu e grinalda e engravidar, sim. “Não desisto nunca!” Dona do próprio nariz, confessa que o homem pena para acompanhá-la, tem de ser seguro de si. Mesmo recebendo várias cantadas e pedidos de casamento virtuais, Maíra aproveita para fazer um apelo: “Cadê esses pretendentes na vida real?” 


À esq., com Amelie e à dir., com Kintsi