Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!

Leopoldo Pacheco: "Estou brincando em cena"

O ator se diverte com a caracterização e as lutas do pirata Fred Sem Alma, em Novo Mundo. É uma volta à infância!

Por Ligia Andrade Publicado em 06/06/2017, às 17h19 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h45

Leopoldo Pacheco - Pino Gomes
Leopoldo Pacheco - Pino Gomes
Quando estava deixando a barba crescer, como parte da caracterização do pirata Fred Sem Alma, em Novo Mundo (Globo), Leopoldo Pacheco, 56 anos, conseguiu curtir um pouquinho do anonimato ao passear pelas lojas da tradicional Rua 25 de março, em São Paulo. “Passei batido, como desconhecido, também em restaurantes e supermercado. O que é mais difícil acontecer quando você está na televisão”, diverte-se o ator paulistano. A barba demorou quatro meses para ser cultivada e ficar do jeitinho que os telespectadores veem em cena. O novo visual exige certos cuidados, como o uso de xampu e óleo especial nos fios. O que não é problema. Desde o começo, Pacheco se encantou ao descobrir mais sobre o universo do personagem, inspirado nos antigos vikings – e não no capitão Jack Sparrow (Johnny Depp), de Piratas do Caribe. A caracterização de Fred Sem Alma é marcante e um dos destaques da trama das 6, demorando mais de uma hora para ser feita. O processo inclui duas tatuagens e base líquida de efeito bronzeado para escurecer a pele. Tudo feito de maneira que não fique um tom uniforme. Já na barba e nos dentes são utilizadas tipos de base solúveis em álcool – um prato cheio para o ator, que também é diretor, cenógrafo, maquiador e figurinista. As cenas de luta são motivos de diversão, quase uma volta à infância. “Quando cheguei ao navio pela primeira vez, pensei: ‘Nossa! É maravilhoso!’ Estou brincando em cena”.


Pacheco também é cenógrafo, maquiador e figurinista

TEATRO É O ESTEIO
Egresso do teatro, onde começou aos 20 anos, Pacheco estreou na TV aos 42 anos e não parou mais. A primeira novela na Globo foi Um Só Coração (2004). No mesmo ano, fez sucesso ao interpretar o vilão Leôncio Almeida em A Escrava Isaura (Record TV). “Gosto de trabalhar, mas sinto falta de férias. A TV tem muita importância em minha vida. Adoro os trabalhos que faço, o dia a dia, é gostoso”, afirma ele, que estudou desenho livre quando era garoto e fez faculdade de Artes Plásticas na Faap. Lá, se envolveu no grupo de teatro e aos poucos foi vendo sua vida tomar outro rumo. “No ano seguinte, já estava tudo mudando, porque fazia Faap na parte da manhã e USP (Escola de Artes Dramáticas) à noite – fiquei dois anos assim.” Logo o teatro ocupou todo o tempo de Pacheco. As aulas de maquiagem eram uma farra. Não demorou muito para ele começar a ensinar. “Saí da EAD fazendo cenário, figurino e maquiagem. Até hoje me divido entre essas funções.” Pacheco acumulou diversos prêmios ao longo da carreira, por diferentes trabalhos. “Nunca tinha pensado em ser ator. Foi tipo: ‘sobe lá, porque você fez o cenário e conhece o personagem’”, recorda. 


O ator é casado há 35 anos e tem um filho de 22 anos

Paralelo à gravação da novela Novo Mundo, ele segue em turnê com os espetáculos Camille e Rodin e Para Tão Longo Amor – este último, ao lado da atriz Regiane Alves, 38. Também assina o visagismo das peças Rent e Refluxo, em cartaz em São Paulo, e o figurino de Imortais, com estreia prevista para junho. “A minha vida inteira foi no teatro, é uma paixão. Para mim, tudo vira uma soma, não vejo diferença.”
TRABALHAR COM O  FILHO
Casado há 36 anos com a produtora cultural Bel Gomes, 56, Pacheco acredita que o fator ‘sorte’ foi fundamental para a construção da relação ao longo do tempo. “Nunca parei para pensar muito nisso, mas ela é uma parceira que me jogou para cima a vida inteira, sempre esteve junto comigo, acreditando no que estava fazendo – e a recíproca é verdadeira. Tem dias que Bel está em cartaz alucinadamente, vai lá e faz com muito amor. É uma conjuntura feliz”, explica. Pai do produtor musical Frederico, 22, orgulha-se de já ter trabalhado ao lado do filho. “Ele operou a trilha da peça Depois do Ensaio, foi a primeira vez que se aproximou. Não posso falar nada porque Frederico fica bravo, mas acho o máximo. Ele diz que sou babão, e sou mesmo.”


Ele não para! Leopoldo Pacheco também está em cartaz com duas peças, entre outros projetos

Após ter tido uma inflamação no nervo ciático, o ator levou um susto e passou a ficar mais atento ao seu corpo. Tanto que começou a fazer exercícios com mais frequência. “Não gosto de ir à academia. A idade está chegando sem peso e com leveza, estou me sentindo melhor, pareço um moleque. Às vezes, acho que sou. E a carreira da gente ajuda a se cuidar no melhor sentido. De não querer ter a dor, não deixar o cansaço abater tanto, não engordar... Adoro meus cabelos brancos e minha barba branca. Estou indo muito bem”, garante ele, que gosta de assistir a programas de culinária e cozinhar para a família. “Tenho a manha de forno. Minha especialidade é o assado.”