Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!

Joaquim Lopes fala da sua vontade de ser pai

Há mais de dois anos no Vídeo Show, Joaquim Lopes jura que não se acha bonito, defende a individualidade na relação e da paternidade

Por Ligia Andrande Publicado em 24/06/2017, às 12h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h45

Joaquim Lopes sonha em ser pai - Fotos: Fabrizia Granatieri
Joaquim Lopes sonha em ser pai - Fotos: Fabrizia Granatieri
Apalavra de ordem de Joaquim Lopes é: “Está tudo certo”. O ator e apresentador do Vídeo Show (Globo) ficou menos ansioso, mais seguro de suas convicções e desejos e aprendeu a não tentar ter o controle da vida. Até tatuou a famosa frase do filósofo alemão Friedrich Nietzsche, (1844-1900) “Torna-te quem tu és” na costela. “É atingir o seu potencial máximo e viver de acordo”, explica ele, adepto da meditação. Em cartaz em São Paulo com a peça Por Isso Fui Embora e nos cinemas em Amor.com, concilia o programa com a carreira de ator. Formado em Gastronomia, sempre gostou de ser um bom anfitrião. Na faculdade, era quem apresentava os trabalhos do grupo. Porém, afirma que ser apresentador não estava em seus planos. “Tudo foi inusitado”, revela o ator, que desconversa quando o papo é sobre sua vida amorosa. “Estou bem feliz.” Mas quer saber um de seus sonhos? Ser pai. “É tudo o que mais quero, é uma certeza, nem que adote.” 

Exposição no programa “É impressionante como os fãs aumentaram. Fiz Império (Globo, 2014), uma novela das 9, com personagem polêmico (Enrico, que era homofóbico), mas não tem comparação com a quantidade de gente que me reconhece hoje nas ruas. Essa troca é muito boa. Avalio que tive um crescimento como comunicador. Sou o Joca ali, falando, não um personagem. Ota (Otaviano Costa) é meu irmão de vida, parceiro, sempre me direcionando. Sophia (Abrahão) é descolada, trouxe vitalidade. O Vídeo Show precisa desse toque feminino.”

Fã número 1 “Minha mãe vê todos os dias. Não dá 10 minutos ela liga e diz: ‘Adorei o programa’. É batata! Às vezes, diz que tenho de fazer a barba (risos).”

Oportunidade de crescimento “Acredito que toda crítica, todo momento difícil, é uma oportunidade de crescimento. Lido com crítica e elogio da mesma forma, não pode acreditar muito, senão acomoda. É deixar a coisa evoluir e crescer de maneira natural, sem muitas neuras.”

Menos ansioso “Não me trocaria pelo Joaquim de 20 anos, de jeito nenhum. O passar dos anos vai te dando uma tranquilidade maior, estou menos ansioso, seguro do que quero, me fez bem. Direciono a minha vida, mas é uma ilusão acharmos que temos o controle de qualquer coisa. Tento estar presente em todos os momentos, isso é difícil pra caramba.”

O ator malha de segunda a sábado na academia. “Faço aeróbico quatro vezes por semana” 

Espelho meu... “Não tenho narcisismo de me achar bonito, isso é coisa dos outros...” 

Um homem zen “Tento meditar todo dia, pelo menos 30 minutos. Temos de remover essas amarras, filtros e ser mais verdadeiro com você e com os outros. Senão fica tudo falso.”

Filosofa de vida “Já tive minha fase de busca. Acredito em Deus e em fazer o bem. Tudo o que se faz, volta. Minha filosofia de vida é esta. Estou realizado profissionalmente e pessoalmente, tenho uma família incrível. A meditação também faz a gente ser mais grato. Sou muito privilegiado, seria injusto da minha parte reclamar de alguma coisa.”
Amor e liberdade “Meus pais estão casados há 48 anos. É um compromisso que você tem de fazer diariamente. A paixão do começo é sempre boa, mas ela vai dando lugar ao companheirismo, respeito, parceria de vida. Tolerância é difícil. As pessoas dizem que depois de casados se tornaram uma pessoa só. Não concordo, são duas pessoas com suas vontades, desejos, referências, mas que querem estar juntos. Tem de ter liberdade também, não tem de ser uma prisão.” 

Conciliando as agendas “Estou focado no programa, mas não abandonei a carreira de ator. Graças a Deus está dando para conciliar tudo.”