Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Exclusivas / PODEROSA!

Influenciadora plus size, Aline Zattar promove a autoaceitação: “Nossa verdade vale muito”

Em entrevista exclusiva, a influenciadora plus size Aline Zattar, conta como incentiva o empoderamento feminino na moda

Luisa Scavone Publicado em 03/08/2022, às 23h47

Modelo e influenciadora plus size, Aline Zattar - Reprodução/Instagram
Modelo e influenciadora plus size, Aline Zattar - Reprodução/Instagram

Felizmente a internet trouxe voz para muita gente que precisa ser ouvida, capaz de ajudar muitas pessoas. Um exemplo é a modelo e influenciadora plus size, Aline Zattar, que fala sobre gordofobia e empoderamento feminino nas redes sociais. Em entrevista à CONTIGO!, ela contou como incentiva suas seguidoras a se conhecerem e se aceitarem e mostrou a importância disso na vida dessas mulheres.

Ela disse que começou a tratar sobre esses assuntos na web no início de sua carreira, após vencer o Miss Brasil+, e ver a necessidade de abordar sua experiência para instruir e ajudar outras pessoas. “Acredito que isso faz com que a gente tenha uma rede de apoio, de fortalecimento, para que muitas mulheres, muitas pessoas, vejam que todas nós passamos por isso, independente de quem seja. E a gente pode vencer a cada dia”, contou.

E por falar em experiência, ela revelou que passou por situações bem difíceis, mas que enxergou a necessidade de expor para, inclusive, se fortalecer, além de incentivar outras pessoas a imporem a sua verdade. “Essa rede de apoio faz com que a gente fique muito mais empoderadas e realmente fortalecidas”, afirmou.

Autoconhecimento

Aline Zattar ainda disse que, para ela, o autoconhecimento é fundamental para a autoaceitação, mas querer mudar algo em si mesma não é um problema. “O problema é esperar isso acontecer para viver. A gente têm que viver o hoje. Realmente deixar de sobreviver à margem do pensamento dos outros e começar a viver à margem dos nossos pensamentos, da nossa história”, disse. “Isso faz com que a gente conquiste muitas coisas, que a gente vá atrás dos nossos objetivos”.

A modelo ainda afirmou que, quando conhecemos a nossa verdade e o que realmente importa para a nossa vida, não ficamos presos em ideologias alheias, e foi assim que aprendeu a lidar com as críticas hoje em dia. “Críticas positivas a gente pode absorver de forma leve e tentar encaixar em algum momento na nossa vida, mas a maioria a gente tem que filtrar e realmente ver que a nossa verdade vale muito mais”, explicou em entrevista exclusiva.

Moda plus size

A influenciadora também comentou sobre as roupas próprias para pessoas plus size e garantiu que, mais uma vez, a aceitação é de extrema importância para se vestir bem. “Muitas vezes as pessoas ficam presas em números de etiqueta, número de manequim, mas quando elas passam por isso e se desligam de números, conseguem se vestir muito melhor, de acordo com o que elas gostam”, disse. “A roupa que tem que caber na gente, não a gente ficar tentando caber nas roupas”.

Ela quebra esse padrão de que moda só é bonita para gente magra, mas garantiu que não é uma tarefa fácil, já que é algo que está enraizado na nossa sociedade. “Quando a gente começa a se vestir de acordo com o nosso tamanho, se encaixar em roupas que são feitas e pensadas para nós, é muito mais fácil de construir o nosso estilo e nossa beleza”, afirmou.

Ela ainda disse que por muito tempo pessoas plus size usavam o que cabiam, já que não tinham opção, mas hoje elas têm mais roupas para diferentes estilos. ”Isso faz com que esse padrão, aos poucos, seja quebrado”, finalizou.