Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
BBB / DESABAFO

Ex-BBB Karol Conká revela ter traumas por sua participação no reality: ''Batalho pra não cair em depressão''

Cantora diz que, apesar do esforço para melhorar, permanece recebendo julgamentos e cobranças do público

Redação Contigo! Publicado em 13/08/2021, às 15h48

Ex-BBB Karol Conká revela ter traumas por sua participação no reality - Instagram/Lana Pinho
Ex-BBB Karol Conká revela ter traumas por sua participação no reality - Instagram/Lana Pinho

Karol Conká voltou a falar sobre sua polêmica participação no Big Brother Brasil 21 e revelou ainda carregar alguns traumas após a onde de hate que recebeu.

Em entrevista ao podcast de Whindersson Nunes, a cantora falou que recebe muitas cobranças nas redes sociais para falar sobre o assunto, mas que ainda não se sente 100% preparada para isso.

"Minha batalha é para não cair numa depressão. Faço acompanhamento para isso. Tem várias coisas que pegam para mim, desde o trauma de se expor, se reconhecer ali naquelas atitudes ruins, a me sentir vendida. Sinto uma coisa, como se fosse um negócio, que as pessoas jogam para lá e para cá e tiram suas próprias conclusões. É claro que eu consigo dar risada de algumas coisas. Mas se fosse em outra situação essa entrevista, a gente estaria rindo muito mais.", explicou.

A rapper assumiu os erros que cometeu durante sua participação no programa e garante que permanece tentando mudar todos os dias. Ela conta que, apesar de estar fazendo progresso, ainda enfrenta a desconfiança de muitas pessoas.

"Então, não vai trazer nada de bom para essas pessoas transferir a angústia delas para cima de mim, que estou tentando ser uma pessoa melhor, que estou fazendo exatamente o que me pediram para fazer. Ouvia: ‘vai se tratar, vai ser uma pessoa melhor’. Aí estou nesse processo e continuam: ‘Tá fingindo. Olha lá, está atuando. Não chorou na saída do reality, está chorando agora porquê?’".

MUDOU DE IDEIA

Durante o papo, o humorista contou que também julgou Conká, mas acabou mudando de ideia depois de um tempo. Ele explicou que que chegou a parar de seguir a artista quando ela foi acusada de xenofobia.

"Comecei a pensar, se é real a história de fé, de energia, se for verdade isso. Se depender de tudo isso que estou lendo, a pessoa vai sair de lá com um outro braço na barriga. Não vou participar dessa parada", disse o apresentador.

Veja: