Will Smith leva CCXP 2017 ao delírio: "Vou ter que comprar uma casa aqui!"

O ator veio à cidade de São Paulo promover o filme Bright, original da Netflix, ao lado do ator Joel Edgerton e do diretor David Ayer

domingo 10 dezembro, 2017
Will Smith leva CCXP 2017 ao delírio
Will Smith leva CCXP 2017 ao delírio Foto:Fotos: Tainá Goulart e Francisco Cepeda/AgNews

Veja mais

Mais de 4 mil pessoas lotaram o auditório Cinemark, dentro da Comic Con Experience 2017, para ver o astro americano Will Smith, no domingo (10), em São Paulo. O ator veio para participar do último painel do evento e promover seu novo filme Bright, junto com seu parceiro de cena, o ator, Joel Edgerton , do longa Ao cair da noite, e o diretor David Ayer, responsável pela adaptação de Esquadrão Suicida nas telonas. "É por vocês que a gente faz um filme tão bom. Olha que loucura isso aqui", disse Will, ao receber os calorosos aplausos da multidão. "Uma plateia como essas só me faz pensar que vocês são o futuro de todas as Comic Cons", elogiou o diretor, sendo, em seguida, ovacionado pelo público, que teve a oportunidade de assistir o filme em primeira mão. Além disso, Will andou disfarçado de Orc pelos corredores do evento e, quando tirou a máscara, o público ficou pasmo com essa ação! 

Durante a conversa, que foi mediada pela jornalista Aline Diniz, Will reviveu um pouco de seus momentos como o protagonista do seriado Um Maluco no Pedaço, que foi ao ar entre 1990 e 1996, ao cantar um trecho do rap da música de abertura. "Talvez eu tenha que comprar uma casa aqui no Brasil. Vamos comigo - Eu digo Bra, vocês dizem sil!", puxou o astro, sendo respondido pelos presentes. 


Joel, Will e David seguram a bandeira brasileira!

O filme, que traz Will e Joel como dois policiais em um mundo de fantasias, traz muita ação nas ruas de Los Angeles. "Foi muito legal gravar em LA, pois o David nasceu e cresceu lá, então, ele conhecia uns lugares irados, que poucas pessoas conheciam. Eu mesmo, morei alguns anos lá e o diretor me levou pra comer num beco (risos)", disse Will. "Na verdade, tudo se encaixou muito bem, desde a equipe, atores, produção. Só a gente que tinha que conter a energia do Will, ele não parava nunca. Sempre chegava no set cantando uns raps. Teve uma vez que nós estávamos filmando uma cena muito séria e ele chegou cantarolando umas musiquinhas de natal", revelou David. Para Joel, que interpreta um policial Orc, estar ao lado de Smith é uma alegria todas as horas. "Mesmo que ele seja quase hiperativo (risos), trabalhar com o Will é muito bacana, ele te levanta, não importa como você esteja. Ok, vou parar de fazer elogios na frente dessa galera toda", brincou Joel, que também fez O Grande Gatsby. 

No fim, Will, Joel e David seguraram uma bandeira brasileira e fizeram algumas fotos no palco. Depois, Will pegou um disco de um fã, do seu seriado antigo, e lhe deu um autógrafo e, claro, foi muito aplaudido. Bright estreia na Netflix no dia 22 de dezembro. Confira, abaixo, o momento do rap!

Minha infância cantou esse Hino! #WillSmith ou Fresh Prince of Belair na @ccxpoficial !

Uma publicação compartilhada por Tainá Goulart (@tainagoulart) em

Por Tainá Goulart
Leia Mais:

Receba em Casa

Vídeos

NOVELAS

  1. 1 'O Sétimo Guardião' estreia com bons índices de audiência
  2. 2 ‘O Sétimo Guardião’: Valentina descobre o paradeiro de Gabriel
  3. 3 Conheça a história e os personagens de ‘O Sétimo Guardião’
  4. 4 Brasileiro é eleito o Mister Grand International 2018
  5. 5 O Tempo Não Para – Resumo dos capítulos de 12 a 17/11/2018