Confira os bastidores animados da Dancinha dos Famosos

Elenco mirim do quadro arrasa no palco do Domingão do Faustão. Empolgadas, as crianças falam do sonho realizado de participarem do famoso quadro

Por Tatiana Ferreira / Fotos: TV GLOBO

Dancinha dos famosos | <i>Crédito: Fotos: TV GLOBO
Dancinha dos famosos | Crédito: Fotos: TV GLOBO
Depois dos adultos mostrarem seu talento na última edição do Dança dos Famosos, quadro do Domingão do Faustão (Globo), é a vez dos pequeninos encantarem o público. E, já na estreia, no primeiro dia do ano, o time mirim da Dancinha dos Famosos não fez feio. Xande Valois, 12, já tinha sido convidado no ano passado, mas não pode aceitar por causa de compromissos profissionais. Empolgado por finalmente conseguir participar, falou da experiência. “Quando me chamaram novamente, não pensei duas vezes, aceitei na hora. Acho que me esforço bastante pra dar o meu melhor, mas não gosto de me autoavaliar”, diz o ator. 
Para Gabriella Saraivah, 12, a oportunidade é um sonho realizado. “Sempre quis participar deste quadro. Amo dançar!”, comemora. Letícia Salatiel, 11, também guardará os momentos para sempre em sua memória. “Adoro o Dança dos Famosos e queria muito conhecer o Faustão. Além disso, seria uma oportunidade de fazer novos amigos e me divertir”, comemora. Raffael Pietro,8, garante facilidade com a dança e fala do clima dos bastidores. “Me divirto muito nos treinos.

Xande Valois e Duda Almeida  dedicação total

Conselho do mestre 
Pé de valsa, Gabriel Palhares, 8, não perdeu uma única edição do quadro. “Sempre que assistia, ficava me imaginando um dia lá. Quando fui chamado, fiquei muito feliz, honrado e um pouquinho ansioso também”, conta. Questionado sobre sua habilidade, é direto. “Acho que danço bem, dançar é um prazer, me deixa feliz”, diz o ator. Aos olhos de Felipe Simas, vencedor da última edição do quadro dominical, crianças têm mais facilidade no aprendizado do que os adultos. “Creio que seja mais simples aprender a dançar quando se é criança pela falta de julgamento que temos com nós mesmos”, compara. “O meu conselho é para que elas se divirtam ao máximo. Foi o que eu busquei fazer durante a minha trajetória no quadro”, orienta Felipe. 

22/01/2017 - 16:00

Conecte-se

Revista Contigo!