Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Vídeo / Música nova!

Daniela Mercury adianta lançamento do clipe de 'Rainha da Balbúrdia'

Com referências à política nacional, cantora se posiciona em nova música

Redação Contigo! Publicado em 02/12/2019, às 13h05 - Atualizado às 13h13

Daniela Mercury adianta lançamento de clipe político para 'Rainha da Balbúrdia' - Divulgação
Daniela Mercury adianta lançamento de clipe político para 'Rainha da Balbúrdia' - Divulgação

Na última sexta-feira (29), Daniela Mercury surpreendeu os fãs ao adiantar o lançamento de Rainha da Balbúrdia.

Com previsão de estreia para esta segunda-feira (2), a cantora não aguentou esperar e lançou o clipe político dois dias antes do esperado, com direito a uma possível alfinetada ao governo Bolsonaro.

"A arte é resistência. Não há nada que nos oprima ao ponto de nos calar. Por isso, dediquei o videoclipe aos professores, reitores das universidades, estudantes, cientistas e todos que acreditam e lutam pela educação pública, pela democracia, pela paz, pela natureza, pela justiça social e pelos direitos humanos no Brasil e no mundo", disse ela.

Em maio deste ano, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, declarou que as universidades federais que estivessem fazendo "balbúrdia" teriam suas verbas cortadas. O novo trabalho da artista pode também ser uma resposta à declaração, tendo em vista que já se afirmou diversas vezes contra o atual governo do Brasil.

A produção é uma obra política, a favor da liberdade artística, e conta  com 9 looks diferentes, além de fazer referência ao filme brasileiro Bacurau.

O clipe foi dirigido e roteirizado por Jana Leite, que encheu o vídeo de referências: "A Rainha da Balbúrdia é a resistência da arte. Trago para esse clipe muitas referências afetivas: da infância, do circo, do teatro, do cinema e da própria Daniela".

Vale ressaltar que a decisão de adiantar o lançamento aconteceu através de uma enquete no Instagram. Daniela perguntou aos seguidores se ela deveria lançar o vídeo, e os fãs, claro, votaram a favor.