Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Últimas / Famosos

Zezé Di Camargo relembra morte: ''Muita saudade''

Cantor compartilhou o último momento antes da morte e causou comoção

Redação Contigo! Publicado em 27/04/2019, às 10h32 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h47

Zezé di Camargo no 'Tamanho Família'
Zezé di Camargo no 'Tamanho Família' - Reprodução/TV Globo

Zezé Di Carmargo usou as redes sociais nesta sexta-feira (26) para relembrar a sua cachorrinha, morta no último dia 8 de abril. No Instagram, o companheiro de Luciano compartilhou uma foto em que aparece ao lado de Mel, com uma legenda lamentando, mais uma vez, o ocorrido. 

"Ah, se eu pudesse voltar o tempo! Muita gente não entendeu a minha mensagem e estão perguntando o que eu faria. É que a cachorrinha que está na minha direita é a Mel. Eu a perdi há 15 dias. Muita saudade!", disse. 

Nos comentários, fãs prestaram solidariedade. "Deve ser muito triste chegar em casa e não ver a Mel junto com os outros, né Zezé?", escreveu um seguidor, já que na imagem o cantor aparece junto a mais três pets. 

"Só nós que amamos esses seres humaninhos de quatro atos que sabemos o valor sentimental que cada um tem em nossa vida... Zezé meu ídolo. Estamos juntos!", comentou mais um. 

TRISTEZA

Zezé está em luto nesta segunda-feira (8). Isso porque ele acaba de enfrentar a morte da cadela Mel, que vivia em sua casa e era sua companheira há alguns anos. O artista emocionou a todos ao falar sobre a despedida após o animal de estimação sofrer uma parada cardíaca. 

“O meu dia hoje está sendo um dos mais tristes de minha vida! [...] Vocês não têm noção da dor que estou sentindo escrevendo isso aqui, agora! Minha doce Mel! Te amo demais! Mais um anjinho no céu! Neste momento, só lágrimas”, afirmou ele. Zezé contou que não conseguiu se despedir da cachorrinha, pois chegou em casa muito cansado e, pela manhã, ela já estava passando mal.

O cantor também revelou como foi ver o corpo da companheira após a morte. “Na despedida apertei ela junto ao meu coração e fiquei por um tempo tendo a sensação de que ela estava dentro do meu peito. Na hora da despedida, dei um beijinho no narizinho dela como sempre fiz e ela sempre correspondia, mas desta vez foi a coisa que mais desejei e não aconteceu!”.