Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Últimas / Esporte

Pedro Scooby desativa os comentários após receber críticas

Surfista proíbe os comentários em seu Instagram ao ficar cansado das críticas dos seguidores

Redação Contigo! Publicado em 07/07/2019, às 14h08 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h47

Longe dos filhos, Pedro Scooby divide clique especial com os herdeiros e fala sobre paternidade - Reprodução / Instagram
Longe dos filhos, Pedro Scooby divide clique especial com os herdeiros e fala sobre paternidade - Reprodução / Instagram

O surfista Pedro Scooby tomou uma atitude radical ao desativar os comentários em seu Instagram após receber críticas.

Desde que se separou de Luana Piovani, o atleta se tornou alvo de comentários de internautas sobre a sua relação com os três filhos, Dom, Bem e Liz.

Isso porque as pessoas o questionavam e julgavam sobre a frequência que visita as crianças – que moram em Portugal com a mãe – e também o modo como lidar com eles.

Agora, Pedro se cansou das mensagens ofensivas e proibiu que as pessoas comentassem em suas postagens na web.

Atualmente, o surfista namora com a cantora Anitta

INDIRETA DE LUANA PIOVANI

A apresentadora Luana Piovani voltou a falar de seu ex-marido, o surfista Pedro Scooby, nas redes sociais. Ela foi questionada por um fã sobre o rapaz ter saído para passear com os três filhosDom, Bem e Liz – sem a cadeirinha no carro. E a loira respondeu com tristeza ao ter que lidar com essa situação.

Nos comentários no Instagram, uma seguidora perguntou: "No vídeo dos seus filhos com o pai deles, eles não estão na cadeirinha (um apenas está) e todos estão sem cinto de segurança. Não acha perigoso? Em Portugal não há a lei da cadeirinha e uso obrigatório de cinto?"

Então, Luana respondeu: "Amada, você está coberta de razão. Mas eu não posso apagá-lo da minha vida, e falar não adianta, por isso fiz o vídeo onde digo que não sei o que fazer. O que você faria? Chamaria a polícia? Proibiria o pai de ver os filhos? Eu passei o dia ontem orando e pedindo que Deus me acalme, pois não farei da minha vida uma guerra. Vou criar meus filhos e para sorte deles a minha influência seria maior, mas o que ele tiver que fazer, fará e seja o que Deus quiser"