Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Últimas / Web

Pabllo Vittar relembra quando tomou hormônios femininos: ''Não era para mim''

Cantora abre o coração e conta por que abandonou tratamento com hormônios femininos

Redação Contigo! Publicado em 30/05/2019, às 11h21 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h47

Pabllo Vittar - Reprodução / Instagram
Pabllo Vittar - Reprodução / Instagram

Pabllo Vittar participou do canal do YouTube da drag queen Bianca DellaFancy. No papo, as duas se maquiaram e conversaram sobre diversos assuntos. 

Vittar relembrou quando começou tratamento de transição de gênero. "Amiga, já tive um momento em que tomei um hormônio, mas aí eu vi que não era para mim. Por isso dou muito valor às minhas amigas gatas, porque mexe com a sua cabeça. Você vai percebendo mudanças no corpo e aí você fala assim: Não, não é para mim'. A cabeça, principalmente, você começa a se questionar. É porque eu tenho muita convicção de quem eu sou, uma poc, um gay, e eu amo ser, sabe?"

Com uma base de fãs majoritariamente LGBT, a cantora deu um recado para quem pensa em iniciar o tratamento. 

"Procurem um endocrinologista. Não saiam tomando. Eu fui lá no hospital, fiz meus babadinhos, me testei e vi que não era para mim. Quando o peito começa assim a, dói muito. E é muita coisa para lidar. No primeiro mês já fiquei assim: 'Não'", disse Pabllo

Ainda no papo, Vittar contou situação traumática na vida amorosa. "Foi uó, porque eu fui traída, né? A gente estudava na mesma escola, na mesma sala. Eu tinha 17 para 18, a gatinha aqui está com 24 e o trauma está aí. Por isso que não consigo namorar com ninguém, não consigo me apaixonar"

Ao conhecer alguém novo, a cantora passa por uma confusão no coração. "Meu coração é uma palhaçada. Me apaixono, falo que estou apaixonadíssima, aí na semana que vem digo que estou apaixonada, elas acham que é pelo mesmo e já é outro. Enquanto não acho o certo, me divirto com os errados"

Vittar contou também que não é muito de escolher o mais bonito. "Peguei um menino que é famoso no bairro dele. Amo sair com homem feio, mas feio para quem? Beleza e feiura é muito de você achar. O feio tem um babado, porque ele já é feio, então tem que dar muito ali, entendeu, comparecer. Tem que ser engraçado, ter mais presença"