Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Últimas / Bola fora

'O Sétimo Guardião': Marilda vai armar falsa acusação contra Fabim e caso vai parar na polícia

Inacreditável: personagem de Letícia Spiller vai inventar assédio para se livrar do bonitão

Redação Contigo! Publicado em 12/03/2019, às 11h17 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Letícia Spiller e Marcello Melo Jr. - Reprodução/Globo
Letícia Spiller e Marcello Melo Jr. - Reprodução/Globo

Bola fora atrás de bola fora, a nova de O Sétimo Guardião é uma trama de falso assédio.

A trama das nove vai abordar a questão quando Marilda (Letícia Spiller) e Fabim (Marcello Melo Jr.) forem flagrados aos agarrões por Scarlet (Luiza Tomé). A saída que Marilda acha é acusar o rapaz de a ter agarrado à força. Quase ninguém vai acreditar na versão dela, mas a pressão por ela ser a esposa do prefeito, Eurico (Dan Stulbach), fala mais alto e Scarlet demite Fabim.

O discurso dele ao ser demitido é bastante revelador do que o autor quer dizer com a trama toda. “Sem provas? Sem me ouvir? Sem acusação formal?", dirá o rapaz. Se os argumentos todos lembram casos reais de assédio, bem... é aí que está o problema.

Marilda foi assediada por Fabim, por muito tempo, mas após o marido ficar impotente, resolveu ceder. Já começa aí o problema. Além de tudo, ela cede ao assédio por descobrir que Fabim é bem dotado.

Essa abordagem de falsas acusações de assédio não é novidade: é o tipo de artifício que muita gente usa em suas histórias, mas não pesa as consequências. Essa é só mais uma bola fora da novela de Aguinaldo Silva, que já teve a homossexualidade sendo tratada como maldição reversível, o caso de assédio "recompensado"... a impressão é de que o mundo muda e as novelas ficam presas no tempo.