Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Últimas / Saúde

Neto de Regina Casé passa por duas cirurgias e ela desabafa: 'Terrível'

Apresentadora vive drama familiar com internação do neto: 'O sofrimento foi dobrado'

Redação Contigo! Publicado em 02/07/2019, às 16h59 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h47

Regina Casé, Benedita e Brás - Reprodução / Instagram
Regina Casé, Benedita e Brás - Reprodução / Instagram

A apresentadora Regina Casé desabafou nas redes sociais ao revelar o drama familiar ao ver o neto, Brás, filho de Benedita Casé Zerbini, internado.

Em uma mensagem tocante nas redes sociais, ela revelou que o bebê passou por duas cirurgias e ficou 18 dias internado entre CTI e semi-intensiva.

Agora, em casa, a família respira aliviada. Apesar de abrir seu coração sobre a dificuldade de ver o neto internado, ela não revelou o motivo dele ter ido parar no hospital.

"Até agora não tínhamos contado pra ninguém o momento difícil que estávamos vivendo, juntos, agarrados e rezando sem parar. Quando Benedita nasceu, passei com ela vinte dias na UTI. Nunca poderia imaginar que ela iria passar pelo mesmo sofrimento. Só que agora, pra mim, o sofrimento foi dobrado, triplicado", disse ela, que continuou:

"Ver a sua filha sofrer é terrível, mas ver o filho da sua filha sofrendo é mais ainda. Pensei que o meu coração de mãe e de vó não ia aguentar. Mas Benedita e João me ensinaram a ser firme e serena como eles. Que pais maravilhosos", afirmou ela.

A apresentadora ainda contou que a filha e o neto fizeram aniversário no hospital. "Minha filha completou 30 anos dormindo encolhidinha agarrada com seu filho na caminha da UTI. E Brás comemorou seus dois anos no dia da alta. Nossa! Nunca celebramos tanto a vida. Benedita, meu amor e minha admiração por você só crescem. Você é uma mãe infinitamente melhor do que eu!"

O pai de Brás, João Januário, também desabafou sobre o ocorrido. "Ficou 18 dias internado, alguns na CTI, outros na semi intensiva. Foi submetido a 2 cirurgias e todos os perrengues que só quem já ficou nessa situação sabe como é. Sempre que entramos no mundo hospitalar, podemos ver como não somos os únicos, como nossos problemas não são maiores e nem menores do que todos os outros que estão ali. Foi um susto muuuito grande, mas graças a Deus tivemos sabedoria para lidar com esse momento de medo, insegurança e dor"