''Meu irmão é meu herói'', diz Alexandre, marido de Ana Hickmann sobre atentado

Na tarde de sábado (21), um jovem invadiu o quarto de hotel da apresentadora para tentar matá-la

Redação Contigo! Publicado domingo 22 maio, 2016

Na tarde de sábado (21), um jovem invadiu o quarto de hotel da apresentadora para tentar matá-la
Ana Hickmann e o marido Alexandre entre o casal Gustavo, que segura Alexandre Jr, e a mulher Giovana - Instagram
Na manhã de domingo, Alexandre Correa, marido de Ana Hickmann, postou uma mensagem de agradecimento ao irmão Gustavo por ter salvado a vida da apresentadora. "Reza a regra da vida que todo irmão mais velho é o herói do mais novo. Errado, meu irmão é o meu herói. Guto, eu te amo", escreveu o empresário.

No sábado (21), Rodrigo Augusto de Pádua, 30 anos, tentou invadir o quarto de hotel do Ceasar Business, no bairro de Belvedere, Belo Horizonte, onde Ana estava hospedada para matá-la. Na ocasião, o cunhado de Ana entrou em luta corporal com o agressor, que disparou dois tiros. As balas atingiram a mulher dele, Giovana, no abdomen e ombro. A assessora passou por uma cirurgia, está bem, mas ainda não tem previsão de alta. Na confusão, o atirador também foi baleado e não resistiu.

Gustavo usou o Instagram da mulher para falar sobre o episódio. "Caros amigos, é o Guto. O que houve foi sem precedente, uma aberração. Agradeço o apoio, lamento não poder atender a todos. Com certeza meu amor sairá dessa em breve", escreveu.

Ana prestou depoimento na noite de sábado (21) no Departamento de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa de Belo Horizonte e saiu bastante abalada por volta das 22h30 ao lado de Gustavo e do marido, Alexandre Correa. Ela não quis dar entrevistas.

Entenda o caso

Ana Hickmann sofreu uma tentativa de assassinato neste sábado (21) em Belo Horizonte, Minas Gerais. Rodrigo Augusto de Pádua, 30 anos, tentou invadir o quarto de hotel Ceasar Business, no bairro de Belvedere, onde a apresentadora estava hospedada.  Segundo a Policia Militar, ele tinha a intenção de matá-la.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, o suspeito estava no corredor do 9º andar do hotel, abordou o cunhado de Ana, Gustavo, e o levou até o quarto. O fã fez a apresentadora, o cunhado e sua mulher de reféns e obrigou os três a se sentarem de costas para ele.

Em seguida, o ele começou a destratar a vítima com palavras de baixo calão. O cunhado, Gustavo, levantou-se e foi em direção ao criminoso, Rodrigo, que efetuou dois disparos em direção da vítima, Ana, mas a assessora Giovana Oliveira foi atingida. Segundo o boletim, as vítimas saíram correndo do apartamento e Gustavo entrou em luta corporal com o agressor. Durante a briga, Rodrigo teria levado tiros e não resistiu. 

Giovana é cunhada de Ana e foi atingida com dois tiros, um no abdomen e outro no braço. Ela realizou procedimento cirúrgico que durou cinco horas e passa bem.

Rodrigo se dizia fã de Ana e à família ele contou que amava a apresentadora e que ela correspondia ao amor dele. O jovem se hospedou no quarto 1305, no mesmo hotel. Nas redes sociais, ele fazia declarações à Ana, mas usava palavras de cunho sexual. "Ele só ficava em casa, era reservado, sabíamos que ele era fã dela. Não imaginava tudo isso, não sei onde ele conseguiu essa arma", disse o irmão do atirador, muito nervoso, na porta do hotel.

A apresentadora estava em Belo Horizonte para lançar sua coleção de roupas.

Último acesso: 28 Oct 2020 - 20:26:33 (1015548).