Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!

Maria Cândida detona médium acusado de assédio sexual: “Vergonhoso”

Apresentadora pede para que as mulheres se manifestem

Redação Contigo! Publicado em 11/12/2018, às 12h38 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Maria Cândida - Reprodução/Instagram
Maria Cândida - Reprodução/Instagram

Na sexta-feira (07), o Conversa com Bial revelou acusações de assédio sexual contra o médium João de Deus. Maria Cândida compartilhou um relato nas redes sociais sobre as acusações, horrorizada com os relatos.

“Nada disso tem a ver com religião. O caso João de Deus tem a ver com a pior faceta do ser humano, que com máscaras diferentes, intimida, humilha, constrange e chega ao abuso sexual como cereja do bolo”.

“O que está acontecendo em Abadiânia, em Goiás, onde já fui e me receberam muito bem, é vergonhoso (no mínimo dos mínimos). Eu o conheci e provavelmente, porque trabalho na TV, não passei por isso. Horrível pensar no que se passava lá. Pessoas que procuravam a cura, serem abusadas”.

As revelações foram ao ar na Rede Globo e no jornal Folha de São Paulo. 

“Mulheres vieram a público e se manifestaram no programa do Pedro Bial, em matéria do Fantástico e na Folha de S. Paulo, contanto detalhes do que acontecia muitas vezes nas consultas particulares do médium João de Deus”.

“Abuso sexual, abuso de poder, abuso de menor, REPITO, inaceitável! Nós temos que nos manifestar, nós temos que nos posicionar, para que isso não aconteça nunca mais”, finalizou.