Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!

Justiça determina a prisão do pai da namorada de Rafael Miguel

Após depoimentos, juíza decreta prisão do principal suspeito no assassinato de família

Redação Contigo! Publicado em 12/06/2019, às 17h19 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h47

Isabela e Rafael Miguel - Reprodução / Instagram
Isabela e Rafael Miguel - Reprodução / Instagram

O caso do assassinato do ator Rafael Miguel, de 22 anos, ganhou um novo capítulo nesta quarta-feira (12) na justiça de São Paulo.

A juíza Débora Faitarone decretou a prisão temporária de Paulo Cupertino Matias, que é o principal suspeito da morte do rapaz e de seus pais, João e Miriam, no último domingo (9).

Segundo o site do Jornal Extra, a justiça alegrou que o crime aconteceu por “motivo torpe e mediante recurso que impossibilitou a defesa das vítimas”. A decisão foi tomada após os depoimentos das testemunhas, que “acentuam a periculosidade do investigado”.

No entanto, Paulo ainda está foragido da polícia, que tenta localizá-lo com buscas.

TRAGÉDIA

O jovem ator Rafael Miguel, que ficou famoso por atuar em um comercial de TV no qual pedia brócolis para a mãe, faleceu neste domingo (9) aos 22 anos de idade.

A notícia foi dada pelo jornalista Luiz Bacci em suas redes sociais ao afirmar que a polícia investiga a possibilidade do rapaz ter sido morto pelo pai de sua namorada. 

Rafael e seus pais - João Miriam - foram até a casa da jovem na Zona Sul de São Paulo para conversarem sobre o namoro dos adolescentes. No entanto foram executados quando o pai da menina chegou em casa armado. Eles morreram no local.

MÃE DA NAMORADA DE RAFAEL

Passados dias do crime, a mãe da namorada de Rafael Miguel falou com a imprensa a respeito do caso.

Vanessa Tibcherani falou com Reinaldo Gottino nesta quarta-feira (12) no Balanço Geral e contou o que aconteceu no dia do assassinato do ator Rafael Miguel e seus pais, João Alcisio e Miriam Selma.

A mãe de Isabela Tibcherani descreveu a vida ao lado de Paulo Cupertino Matias, com quem disse não ter sido casada, mas narrou um relacionamento abusivo. "Ele sempre foi ruim. Mas fazer uma maldade dessas, claro que não esperava", contou. Ela diz ter sido agredida pelo homem, que também era agressivo com os dois filhos de Isabela. Segundo Vanessa, os dois sequer moravam juntos e ele inclusive tinha outra família. "Eu sempre fui amante. Ele tem outra família, não vou esconder nada, sempre fui boa mãe."

"Quero que ele se apresente, que seja preso, que a justiça seja feita de todas as formas. Não apoio nada do que ele fez", esclareceu. E descreve a cena terrível: "Eu vi sim, as pessoas mortas na porta da minha casa. A mãe do Rafael... O Rafael eu vi a vida saindo dos olhos dele. Eu sou mãe, sofri."