Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Últimas / Beleza

Juliana Alves dá adeus ao visual com tranças e renova o corte dos fios cacheados

Atriz surge com o cabelo cacheado após quase um ano com tranças

Redação Contigo! Publicado em 07/02/2019, às 17h02 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Juliana Alves - Reprodução / Instagram
Juliana Alves - Reprodução / Instagram

A atriz Juliana Alves já está sem as tranças em seu cabelo. Após cerca de um ano com as trancinhas por causa de sua personagem na novela O Tempo Não Para, da Globo, ela se despediu do visual e está sorridente com a mudança.

Nesta quinta-feira (7), a estrela mostrou os fios cacheados, soltos e com um novo corte em suas redes sociais. “Dia de trabalho e beleza”, disse ela, que participou de uma nova campanha publicitária com o visual renovado.

Juliana Alves é mãe da pequena Yolanda, de 1 ano.

Há pouco tempo, ela fez um desabafo sobre a pressão para recuperar rapidamente o corpo após a gestação.

"Acredito na importância de se viver intensamente casa momento e cada benção que a vida nos proporciona. Sou uma otimista. Por isso, quando me olho no espelho, vejo uma pessoa feliz, que se ama e respeita sua essência. Que ama suas raízes e respeita a natureza. Inclusive a maternidade me fez ter noção de como a natureza é perfeita. Incrível e extraordinária. Simplesmente a natureza. Entender isso e aceitar isso, me dá um chão, uma paz e um desprendimento... me protege. Sou contra a glamourização da maternidade. Acho um desserviço o culto ao corpo sarado pouco tempo pós parto", acrescentou a atriz.

Ela também contou no que acredita. "A natureza do corpo da mulher que amamenta está a serviço da amamentação. Mesmo quando ela já trabalha e se cuida.  Quando os bebês já estão com uma rotina estabelecida, após a introdução alimentar, fica mais fácil pra gente ter uma vida social mais ativa mesmo ainda amamentando. Em termos de tratamentos estéticos, existem várias restrições, para não prejudicar a saúde da neném.  E tá tudo bem se você se sente bem.  As pessoas à volta da mãe recente, têm que aprender a respeitar isso. Acho cruel, desumana e covarde a pressão em cima de mães em pleno puerpério", acrecentou. "A amamentação e os cuidados com o bebê devem envolver os pais e quem estiver na rede de apoio. E essa rede de apoio é muito importante para a mãe também. Cada pessoa tem uma configuração. Cada uma com sua natureza, sua história e seu valor com tudo isso. Eu tenho pressa é de ser feliz e você?",. encerrou ela.