Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!

Jornalista da Band volta a se pronunciar sobre caso João de Deus: ''Comportamento abominável''

Após gerar polêmica, Fábio Pannunzio se explicou durante telejornal

Redação Contigo! Publicado em 19/12/2018, às 11h54 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Fábio Pannunzio - Reprodução
Fábio Pannunzio - Reprodução

Âncora do Jornal da Noite, o jornalista Fábio Pannunzio se pronunciou novamente nesta terça-feira (18) sobre o caso envolvendo o médium João de Deus.

Ele gerou críticas até de colegas de profissão após relativizar as denúncias recebidas contra o guru.

“Eu disse ontem que duvidava que mais de 500 mulheres já tivessem denunciado o médium João de Deus, ressalvando que em nenhum momento eu quis defender o comportamento degenerado deste senhor”, anunciou ele.

Ele então explicou o que quis dizer com o comentário que havia gerado polêmica.

“Mas eu trago aqui um dado da força tarefa que é responsável pelas investigações. De acordo com a assessoria de imprensa do Ministério Público e da polícia de Goiás, os 506 contatos recebidos agora não são propriamente denúncias. Eles se tratam de outras questões. E não se sabe exatamente ainda o número de vítimas que se apresentou às autoridades. Até agora seriam 45 em Goías e mais 40 em São Paulo. Olha, ainda que fossem uma, duas ou três, essas denúncias são gravíssimas e o comportamento dele é abominável. Mas arbitrar um número exagerado, principalmente questionável, não vai aumentar o tamanho da pena nem do escândalo, muito menos entender como agia este falso guru João de Deus”, disse.