Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!

João Vicente de Castro conta história inacreditável da época em que namorava Cleo Pires: ''Foi um horror''

Após ir sangrando para o hospital, Cleo partiu para cima de mulher após crise de ciúmes; entenda

Redação Contigo! Publicado em 18/09/2019, às 15h19 - Atualizado às 15h28

João Vicente de Castro - Reprodução
João Vicente de Castro - Reprodução

O ator João Vicente de Castro contou no Que História é Essa Porchat? um capítulo inacreditável da época em que ele namorou a atriz Cleo.

Ele viajou para Paris para conhecer o cantor Orlando Morais e a atriz Gloria Pires. Só que um acidente mudou tudo.

"Eu estava numa situação complicada, paguei a passagem em algumas passagens. Eu tinha começado a namorar a Cleo e fui conhecer meus sogros, eles estavam morando em Paris. Eu lembro que no primeiro jantar parecia que eu estava na bancada do Criança Esperança. Eu quase pedi adoção pra mim", contou ele rindo.

"Eu fui relaxando, mas quando eles foram embora, eu fiquei mais um dia. Eu, Cleo e Adauto, primo de Cleo", conta ele.

Tudo ia bem, mas o ator se meteu numa furada."Eu comprei uma faca, era muito afiada. Queria "botar uso". Vinha um queijo? Eu sacava a faca. Aí tô eu com eles e sobrei com uma garrafa de vinho pra abrir. Comecei a abrir a cabeça da garrafa e enfiei a faca [na própria mão]. E eu sou fresco com essa coisa toda. Falei: vou tirar. Quando tirei: sangue na parede. Parecia que eu tinha matado um carneiro", afirma.

"Quando eu olhei para a mão, eu achei que era menos, mas o sangue saía no batimento do meu coração. Era um cortão mesmo. Descemos com o pano embebido em sangue. Entramos no hospital, sentamos na espera e eu com aquela sensação de que estava acabando. Aí entra um grupo de parisienses, lindas, pareciam de filmes. E uma delas começou a se insinuar", conta.

Só que não parou por aí: a atriz Cleo ainda armou um barraco no hospital após uma crise de ciúmes.

"A Cleo olhou e disse: "essa piranha tá te olhando?" E foi nesse momento que eu agradeci que ela não falava francês. Aí quando ela foi no banheiro, ela passou por mim e piscou. A Cleo agarrou ela. Ela pulou e eu agarrrei ela, gritei de dor. E sangue no chão. Foi um horror", conta ele. 

Ao fim, ele contou que foi atendido, levou dez pontos e ficou tudo bem.