Contigo!
Busca
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Youtube Contigo!Tiktok Contigo!Spotify Contigo!
Últimas / COMO ASSIM?

Homem perde a cabeça e destrói a própria casa ao descobrir traição da esposa

“Ela vai ficar com ele em outro lugar. Aqui no que é meu, não”. Homem perde a cabeça e coloca casa abaixo com marreta; veja

Redação Contigo! Publicado em 13/05/2024, às 17h11

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Homem perde a cabeça e destrói a própria casa ao descobrir traição da esposa - Reprodução/Instagram
Homem perde a cabeça e destrói a própria casa ao descobrir traição da esposa - Reprodução/Instagram

Um vídeo está viralizando na internet e mostrando um ataque de fúria que um homem teve ao descobrir que estava sendo traído. Na gravação que está circulando, um homem aparece destruindo a própria casa após supostamente descobrir que sua esposa estava saindo com outro. 

A pessoa que gravou o momento tenta fazer apelos desesperados, pedindo para que o colega pense em seus filhos e deixa de colocar a casa abaixo. Mas não foi o suficiente e o homem seguiu batendo nas paredes com uma marreta. “Ela vai ficar com ele em outro lugar. Aqui no que é meu, não”, esbravejou ele.

Na internet, muitos espectadores de plantão deixaram sua visão do assunto. Alguns até mesmo aproveitaram para dar uma zoadinha. "Coitado. Além de corno, é burro. Sem traição ela tem o direito dela garantido judicialmente. Esse é o corno demolidor", "Agora é corno e sem teto", "Aí depois volta e fica os dois sem casa", "Além de ser corno, é tirado a brabo", "Egoísmo, porque se fosse ao contrário, ele tinha colocado a amante dentro de casa", riram alguns. 

MÃE E FILHA USAM BATOM PARA PEDIR AJUDA AO RS

Eldorado do Sul, cidade da Região Metropolitana de Porto Alegre, foi uma das mais afetadas no Rio Grande do Sul. Dos 40 mil habitantes, pelo menos 25 mil tiveram que deixar as suas casas por causa das fortes tempestades que tomaram conta do estado e alagaram várias regiões. O município segue sem energia elétrica e água.

Rosângela e Jade Bruckhoff, mãe e filha, ficaram dois dias dentro de casa com outros familiares sem água e com pouca comida. “Eu chamei o meu irmão e disse ‘a água está subindo muito rápido’. E foi subindo cada vez mais. Estava muito desesperador por causa das crianças, da mãe, a gente queria sair”, declarou Jade, que é estagiária de contabilidade, ao G1.

Veja: