Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Últimas / Internet

Felipe Neto procura a polícia contra ameaças na web

Youtuber toma atitude contra ameaças e vai até delegacia que cuida de crimes de informática

Redação Contigo! Publicado em 19/09/2019, às 18h35 - Atualizado às 18h36

Felipe Neto - Reprodução
Felipe Neto - Reprodução

O digital influencer Felipe Neto prestou queixa em uma Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática sobre as ameaças de morte que recebeu nos últimos dias.

Nesta quinta-feira (19), ele protocolou um boletim de notícia-crime e contou aos seus seguidores.

“Protocolamos hoje a notícia-crime na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática referente a ameaças de morte que foram recebidas. Fica a prova para aqueles que duvidaram, mentiram e debocharam, alegando que seria tudo uma invenção", afirmou ele ao compartilhar uma foto do boletim. 

ENTENDA O CASO

O youtuber Felipe Neto anunciou nas redes sociais que está sendo vítima de ameças. Em um curto post na web, ele confirma que cancelou a participação em um evento sobre educação após sofrer ameaças. A família do jovem também foi vítima.

"Infelizmente a notícia é real. As ameaças se intensificaram e estamos montando um documento para dar entrada na polícia. Já tirei minha mãe do Brasil e estou vivendo com o mínimo possível de exposição. Manterei vocês sempre informados", disse ele em uma publicação na tarde desta segunda (16).

Ao cancelar a participação no evento, ele também desabafou e disse que vai seguir com seus posicionamento.

“Quero dizer que continuarei lutando, enfrentando o obscurantismo e a opressão, por todos os meios que me cabem, pela defesa do amor e da união até o fim, até onde for possível e até onde minhas forças e meu coração aguentarem”, afirmou.

Felipe Neto foi o responsável por liderar uma ação na Bienal do Rio há quinze dias contra a proibição da comercialização de uma HQ.