Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Últimas / Drama

Em 2014, Gil Gomes falou de solidão e da perda irreparável do filho que o fez adoecer: ''Era o meu amigo inseparável''

Na TV, ícone falou do passado e da vida reclusa após a perda de Guilherme

Redação Contigo! Publicado em 16/10/2018, às 10h57 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Gil Gomes - Reprodução
Gil Gomes - Reprodução

A morte do radialista, jornalista e apresentador Gil Gomes está comovendo fãs do Aqui Agora, programa policial que nos anos 90 revolucionou a TV brasileira.

Em 2014, em uma rara aparição na TV, Gil abriu o coração em entrevista para Geraldo Luis no Domingo Show.

+ Aos 78 anos, morre Gil Gomes, ícone que transformou o jornalismo policial no Brasil

Na época, ele disse que vivia uma vida reclusa em seu apartamento. "Eu gosto. Eu não me sinto sozinho, aqui vêm meus filhos, meus netos e meus amigos. No entanto, eu gosto de privacidade e de fazer o que quero. Não sou rico, mas como bem, vivo bem e tenho o necessário pra sobreviver", disse ele.

Já diagnosticado com o mal de Parkinson que acabou o vitimando, o jornalista afirmou que a doença avançou após a perda do filho, Guilherme.

"O meu médico acha que a minha doença de Parkinson veio por conta de um choque emocional da morte do Guilherme. Foi tudo muito rápido. Só falam que eu gastei dinheiro com jogo, mas não dizem que fiz de tudo para salvar ele", disse emocionado. "Quando um pai perder um filho é terrível. O Guilherme não era apenas meu filho, era o meu amigo inseparável. Mas, fazer o que...", disse com resiliência.

Gil Gomes contou que sentia saudade do trabalho. 

Sobre o auge, nos anos 90, conta que gastou muito dinheiro. "Eu joguei muito. Fui a cassinos, comprei cavalos e não me arrependo. Eu tive 250 cavalos. Não acabou com minha vida. Apenas comprometeu minha vida financeira", falou. "Eu só prejudiquei uma pessoa nessa vida: eu mesmo. Eu ajudei muita gente e ninguém pode reclamar de mim. Entretanto, pensei que trabalharia até morrer e acabei me enganando", encerrou.