Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!

Ex-bailarina do É o Tchan revela depressão e síndrome do pânico: 'Não tinha forças'

Ex-morena do É o Tchan revela doenças ao sair do grupo e experiência sobrenatural: 'Vinha na minha mente'

Redação Contigo! Publicado em 22/09/2019, às 16h16 - Atualizado às 16h17

Débora Brasil - Reprodução / Instagram
Débora Brasil - Reprodução / Instagram

A ex-dançarina Débora Brasil, que foi a primeira morena do É o Tchan, revelou que sofreu de depressão e síndrome do pânico ao deixar o grupo em 1997.

Em entrevista do Domingo Show, da Globo, ela contou que lançou carreira como cantora gospel e abriu o coração sobre as doenças que teve no passado.

"Eu não tinha forças. Eu entrei na depressão tão profunda que eu não tomava banho, não escovava os dentes, não me alimentava, não reconhecia as pessoas que estavam me visitando e não falava", afirmou ela. 

Débora ainda contou que a saída do É o Tchan mexeu com sua doença. "Foi depois de um tempo que o contrato já estava para acabar. Eles resolveram colocar outras pessoas. Teve a rescisão do contrato. Eu sai e comecei minha caminhada como carreira solo. Foi quando eu tive a depressão."

Ela afirmou que só conseguiu se recuperar com a ajuda da religião e conta que teve uma experiência sobrenatural para aumentar sua fé. "Ninguém entendia o que tinha acontecido e eu não tinha forças para sair daquela situação. Vinha na minha mente 'Só o verdadeiro amor salva' e eu passei um tempo pensando o que era esse verdadeiro amor. Aceitei Jesus pelo telefone, em uma oração. Eu tenho certeza absoluta que se eu não tivesse entregue minha vida a Jesus naquele momento, eu não estaria aqui"

Agora, a artista é cantora gospel. "Não foi nada programado. Nunca imaginei fazer sucesso como dançarina. Eu sempre tive o sonho de ser cantora. Nunca dançarina"