Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!

Daniela Escobar se surpreende com atuação do filho em 'Malhação' e comemora: ''Orgulhosa''

Atriz revelou que um dos atores de Malhação é seu filho e deixou fãs surpresos

Redação Contigo! Publicado em 15/08/2019, às 08h56 - Atualizado às 09h28

Daniela Escobar - Globo / Renato Rocha Miranda
Daniela Escobar - Globo / Renato Rocha Miranda

A atriz Daniela Escobar mostrou que está feliz - e orgulhosa.

Nas redes sociais, ela compartilhou uma foto em que aparece assistindo a novelinha Malhação - Toda Forma de Amar. Na trama, seu filho, André Matarazzo, interpreta um dos estudantes.

"Proud [orgulhosa] mama! Meu filhote arrasando na telinha! Orgulho que não cabe em mim", disse ela.

A foto deixou os fãs surpresos. Isso porque muitos não sabiam que ele era filho da estrela. André é fruto do casamento da atriz com o diretor Jayme Monjardim. Os dois se separaram em 2003.

DESABAFO

Recentemente, Daniela Escobar passou por um grande susto ao levar uma mordida de seu gato. Ela relatou que quase perdeu a mão por causa da gravidade da situação, já que a bactéria presente na saliva dos gatos causa paralisia, gangrena e pode chegar ao nível de ter que amputar os dedos.

A artista impressionou ao mostrar fotos de sua mão inchada após a mordida.

"Passei por uma situação que nunca imaginei ser possível. Imagina o médico te dizer que você pode perder sua mão em apenas alguns dias? Uma mordida de gato pode causar isso. Fique atento. Meu gato que já tem 5 anos e é a mais dócil das criaturas, dormia profundamente embaixo da mesa quando inventei de fazer um carinho na cabecinha dele. Num susto e reflexo muito rápido mordeu minha mão. Pra ser objetiva a saliva dos gatos (saudáveis e vacinados como os meus) solta uma bactéria que em horas vai paralisando seus dedos até ficarem roxos, dá gangrena e é necessário amputar os dedos e até a mão se não medicar com antibióticos fortíssimos imediatamente", afirmou ela. 

A atriz sentiu muitas dores e desconfortos após o ocorrido. "Minha mão doía de chorar, em 24h meus dedos estavam duros e não mexiam, foram quatro dias de injeções, hospital, e muita meditação porque nem fechar o botão das calças eu conseguia sozinha... porque foi justo na mão direita... Eu vomitava o antibiótico porque não estou acostumada a toma-los. Então precisava ser injeção. E a mordidinha foi quase nada"

Ela ainda tranquilizou a todos ao contar que está melhorando, foi medicada com antibióticos e já consegue movimentar os dedos. "Ainda estou sob a medição que precisa ser por 10 dias... Os movimentos já estão quase restaurados mas a mão ainda dói... Coisas da vida pra nos fazer ficar longe do telefone, foi minha conclusão... Às vezes a vida nos força a focar no que é mais importante para o nosso momento. Às vezes só entendemos quando dói mais na carne do que na alma"

Veja: