Contigo!
Busca
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Youtube Contigo!Tiktok Contigo!Spotify Contigo!
Últimas / SÍMBOLO DE RESISTÊNCIA

Cavalo Caramelo vira obra de arte para ajudar vítimas do RS; saiba valor

Quadro do artista argentino José Acuña foi leiloado junto a uma poesia do cantor e pecuarista Gujo Teixeira

Quadro é do artista argentino José Acuña - Reprodução/Internet
Quadro é do artista argentino José Acuña - Reprodução/Internet

A imagem do cavalo Caramelo sobre o telhado de uma casa no bairro Mathias Velho, em Canoas, no Rio Grande do Sul, ilhado por mais de 100 horas, escapando às enchentes que assolaram o estado, virou uma pintura. A obra foi vendida por R$ 130 mil, no leilão Levanta Rio Grande, organizado pelo Martelo Solidário, para ajudar, integralmente, as vítimas das inundações.

O quadro - que retrata a cena que gerou comoção nacional e se tornou um símbolo de resistência - é do artista argentino José Acuña. Ele tem 56 centímetros de largura por 47 centímetros de altura, e foi leiloado junto a uma poesia do cantor e pecuarista Gujo Teixeira.

Caramelo foi resgatado pela cavalaria da Brigada Militar de São Paulo e levado para o Hospital Veterinário da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra) para receber tratamento. Na ocasião, o animal de 350 quilos estava fraco e desidratado.

Ele foi sedado e colocado deitado dentro de um bote em segurança. Veterinários também foram mobilizados para acompanhar a realização do trabalho. O cavalo segue em tratamento.

A universidade informa que manterá Caramelo em suas instalações até que alguém comprove ser o seu dono, pois dispõe de uma estrutura completa para o seu bem-estar, além da fazenda-escola com dezenas de hectares.

BOLETIM DA DEFESA CIVIL

De acordo com o último boletim divulgado pela Defesa Civil do Rio Grande do Sul, o estado tem 148 mortes confirmados. Foram contabilizados 124 desaparecidos e 806 pessoas feridas.

Mais de 2,1 milhões de pessoas foram afetadas pelas chuvas. Há 538.545 desalojados e 76.884 pessoas em abrigos.