Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!

Carlos Bolsonaro é apelidado de Tonho da Lua e Marcos Frota sai em defesa de seu personagem

Ao saber do ocorrido, intérprete do personagem defendeu personagem

Redação Contigo! Publicado em 22/02/2019, às 17h53 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Carlos Bolsonaro e Marcos Frota - Reprodução/Instagram
Carlos Bolsonaro e Marcos Frota - Reprodução/Instagram

O icônico personagem de Marcos Frota, Tonho da Lua, virou apelido no cenário político brasileiro e o indicado para receber a honraria foi Carlos Bolsonaro, vereador e filho do presidente Jair Bolsonaro.

O vereador teria recebido o apelido por parte de deputados do mesmo partido de seu pai por não conseguir manter um diálogo linear. Ao descobrir o ocorrido, Marcos disse que não acompanhou o caso, pois estava envolvido com a escola de samba União Imperial, onde está trabalhando.

“Mal a gente sabe que o Tonho da Lua é um personagem altamente espiritualizado, feito por uma autora que tinha autoridade dentro do campo espiritual, que utilizava o autismo dele para provocar no público toda uma abertura e um conhecimento sobre o lado espiritual. Mal a gente sabe também que Tonho da Lua é identificado com as crianças, com a pureza, com a alegria, com o lado lúdico, tanto é que ele era um artista, fazia esculturas e desenhava. O Tonho da Lua está na boca do povo", explica ele sem mencionar se acha justo o não o apelido.

Marcos Frota interpretou o personagem em 1993, na novela global Mulheres de Areia. O sucesso foi tão grande que mesmo após 26 anos, Tonho ainda é lembrado, e amado, por muitas pessoas.