Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!

Bruna Linzmeyer se pronuncia em defesa das mulheres que denunciaram médium: ''Não são loucas''

Atriz emocionou os fãs ao falar da luta das mulheres por justiça

Redação Contigo! Publicado em 13/12/2018, às 14h31 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Bruna Linzmeyer - Reprodução
Bruna Linzmeyer - Reprodução

A atriz Bruna Linzmeyer publicou um texto em apoio às mulheres que denunciaram o médium João de Deus nos últimos dias.

Ela emocionou os seguidores ao falar da luta por justiça encabeçada pelas 330 vítimas que até o momento já se pronunciaram.

"A maior quebra de silêncio da história. Até hoje, 330 mulheres se uniram para denunciar o mesmo homem. Por assédio, estupro, pedofilia, incesto praticados há décadas. Décadas em que cada uma delas silenciou, foi desacreditada ou ameaçada de morte. Estas 330 mulheres não são loucas, mentirosas, invejosas. Elas são vítimas. Vítimas de um homem poderoso que usa Deus como sobrenome. Elas são vítimas de séculos de silenciamento", disse ela.

Ela falou que o momento é reflexo do empoderamento das mulheres.

"Mas o tempo das mulheres chegou. Empoderadas por todas as denúncias que vieram antes, no Brasil e no mundo, elas decidiram se unir e falar. É hora de investigar e punir quem tiver que ser punido. É hora de justiça. Parabéns pela coragem de todas as mulheres envolvidas nesta histórica quebra de silêncio. Nós estamos com vocês", disse ela.

As primeiras denúncias apareceram na sexta-feira (07),  durante o Conversa com Bial.

Veja: