Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Últimas / Despedida

Alice Wegmann dá adeus à 'Onde Nascem os Fortes': "Difícil me despedir"

A atriz vive a protagonista Maria na supersérie da Globo

Redação Contigo! Publicado em 01/06/2018, às 10h26 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Alice Wegmann - Reprodução/Instagram
Alice Wegmann - Reprodução/Instagram

As gravações da supersérie da TV Globo, Onde Nascem os Fortes, chegam à reta final nesta sexta-feira (01) e já deixam os atores com saudades. 

A atriz Alice Wegmann, que dá vida à Maria, compartilhou um relato sobre a despedida das gravações e deu adeus à sua personagem. "Quando uma coisa está perto do fim, a gente começa a recapitular tudo desde o início. Vai puxando lembranças que se perderam por aí", escreveu ela. A atriz também publicou uma foto em que aparece no sertão da Paraíba, em Lajedo de Pai Mateus, que serviu durante a maior parte do tempo como locação da supersérie. 

Alice, de apenas 22 anos, foi um dos destaques da trama e conta o susto que levou ao ser convidada para fazer parte do projeto: "Lembrei do susto que levei sendo convidada pra cá e lembrei de vezes que pensei que essa personagem estava, para mim, escrita nas estrelas. E lembrei do quanto vai ser difícil me despedir dela".

"É importante reconhecer a tristeza, e é importante sentí-la, ainda que doa. tudo bem não estar bem, às vezes. Acordei nos últimos dias sabendo que seriam dias difíceis. e aceitei isso. É bom chorar. eu adoro, mesmo que não faça isso tanto. Sentir é bom. Quando uma coisa está perto do fim, a gente começa a recapitular tudo desde o início. Vai puxando lembranças que se perderam por aí. Hoje eu lembrei desse dia em que chorei vendo o pôr do sol no Lajedo. Lembrei de colocar a mão pra fora da janela na estrada de terra e de jogar um jogo com o vento. Lembrei do quanto o sertão me provocou. Lembrei dos amigos que fiz com esse trabalho. Lembrei do susto que levei sendo convidada pra cá e lembrei de vezes que pensei que essa personagem estava, para mim, escrita nas estrelas. E lembrei do quanto vai ser difícil me despedir dela. Tem dias que a porta do elevador abre e o vizinho te dá boa noite e os seus olhos enchem d’água porque sim, e tá tudo bem. Ainda que doa. É bom sentir" desabafou Alice em sua publicação.

O diretor de Onde Nascem os Fortes, José Luiz Villamarim, sinaliza o fim das gravações na Paraíba e agora encerra o projeto nos estúdios Globo. O último capítulo deve ir ao ar em 16 de julho.

é importante reconhecer a tristeza, e é importante sentí-la, ainda que doa. tudo bem não estar bem, às vezes. acordei nos últimos dias sabendo que seriam dias difíceis. e aceitei isso. é bom chorar. eu adoro, mesmo que não faça isso tanto. sentir é bom. quando uma coisa está perto do fim, a gente começa a recapitular tudo desde o início. vai puxando lembranças que se perderam por aí. hoje eu lembrei desse dia em que chorei vendo o pôr do sol no Lajedo. lembrei de colocar a mão pra fora da janela na estrada de terra e de jogar um jogo com o vento. lembrei do quanto o sertão me provocou. lembrei dos amigos que fiz com esse trabalho. lembrei do susto que levei sendo convidada pra cá e lembrei de vezes que pensei que essa personagem estava, para mim, escrita nas estrelas. e lembrei do quanto vai ser difícil me despedir dela. tem dias que a porta do elevador abre e o vizinho te dá boa noite e os seus olhos enchem d’água porque sim. e tá tudo bem. ainda que doa. é bom sentir.

Uma publicação compartilhada por Alice Wegmann (@alice.weg) em