Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Últimas / Novela

Aguinaldo Silva revela como se sente após surtar por causa de Bruno Gagliasso

Autor de 'O Sétimo Guardião' tranquiliza os fãs: 'Nada como um piti'

Redação Contigo! Publicado em 27/02/2019, às 20h12 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Aguinaldo Silva - Reprodução / Instagram
Aguinaldo Silva - Reprodução / Instagram

O autor Aguinaldo Silva tranquilizou os admiradores após revelar que surtou ao ter que reescrever alguns capítulos da novela O Sétimo Guardião. Isso porque ele precisou fazer ajustes às pressas por causa do afastamento do ator Bruno Gagliasso, que passou por uma cirurgia na última terça-feira (26).

Em seu Instagram, o escritor mostrou seu bom-humor ao mostrar uma foto na frente do computador com um balão com símbolos de xingamentos.

“Hoje acordei com a macaca... e soltei o zoológico inteiro! Nada como um piti para deixar a gente calmo, relax, suavezinho... Agora estou me sentindo bem para caramba”, disse ele.

Entenda o surto

Aguinaldo contou que ao receber a notícia se desesperou.

"O que acontece quando um autor se vê diante de uma situação como a descrita abaixo e tem não mais do que duas horas para resolvê-la? Ele tem que mudar todas as cenas que o ator - no caso o protagonista - ia gravar no período em que ficará afastado. Neste caso específico foram cerca de trinta cenas e mais as que resultaram destas", disse.

 "Vejam bem, eu não escrevi 'cortar', eu escrevi MUDAR, pois se a gente cortar cenas os capítulos ficarão pequenos e no ar eles têm um tempo de duração que deve ser rigorosamente obedecido. Então, mal recebe a informação, o autor concede a si mesmo 15 minutos para se rasgar e se descabelar, quebrar meia dúzia de preciosos cristais em sua sala, gritar todos os palavrões que conhece, xingar Deus e o mundo e acusar a si próprio de ter vendido a alma ao diabo... E depois desses 15 minutos de som e de fúria, ele se acalma, senta diante da porcaria do computador e faz, na 1h45m que lhe restaram, tudo o que for preciso", acrescentou.

"Foi isso que aconteceu, ontem de tarde, quando o diretor Rogério Gomes me ligou para dizer que o ator tinha sido internado e não podia gravar a partir de ontem mesmo. Eu e Joana Jorge [colaboradora de Aguinaldo], que estávamos escaletando o capítulo 128, depois do meu ataque de pelanca, mudamos de rumo. Tiramos o Gabriel das cenas que ele não podia gravar, passamos o pente fino nas cenas em que suas ações cortadas eram comentadas por outros personagens", encerrou.