Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!

Abalada, Ana Paula Renault chora e nega agressão: ''Ela tem que provar''

Ex-A Fazenda se explicou nas redes sociais após suposta agressão em camarim

Redação Contigo! Publicado em 14/12/2018, às 10h40 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Ana Paula Renault - Reprodução
Ana Paula Renault - Reprodução

A jornalista Ana Paula Renault se pronunciou nas redes sociais sobre a acusação feita por Vida Vlatt nas redes sociais.

A humorista disse que foi agredida por Ana Paula em um dos camarins na Record TV.

"Estava sentada mexendo no meu celular. Ana Paula entrou enlouquecida, gritando, e me agrediu fisicamente. Estou fazendo esse vídeo para registrar o ocorrido", disse ela.

Muito abalada, Ana Paula Renault contou o que, na versão dela, ocorreu.

"Eu cheguei mais tarde [na sede de A Fazenda] pra não ter que encontrá-la. Na última festa, Vida tinha falado da minha mãe, que é falecida, e Evandro falou barbaridades do meu pai. Eles falaram que meus pais pegaram muito leve comigo. Que minha mãe foi uma mulher que nunca soube me dar amor, que eu não fui amada, fui mimada. Já cheguei chorando, ela estava rindo", disse.

"Não era pra eu estar aqui, mas fiquei com medo de não receber minha última parcela do cachê. Fui conversando com a psicóloga do programa, chorando, e a Vida me olhando, com risadinha de canto de boca. Eu simplesmente levantei e a segurei pelo braco, como mãe faz com filho, e falei: 'Quem é você pra falar do amor da minha mãe por mim? Quem é você pra falar da minha mãe, julgar se sou amada? Se isso for agressão, ela tem que provar'", disse ela.