Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
TV / POLÊMICA!

Walter Casagrande quebra protocolo e ataca presidente Jair Bolsonaro ao vivo: ''Envergonha o país''

No Globo Esporte, comentarista soltou os cachorros contra autoridades e lamentou crise da Covid-19

Redação CONTIGO! Publicado em 23/03/2021, às 13h47

Casagrande solta os cachorros contra presidente Jair Bolsonaro ao vivo - Reprodução / TV Globo
Casagrande solta os cachorros contra presidente Jair Bolsonaro ao vivo - Reprodução / TV Globo

O comentarista esportivo Walter Casagrande fez uma crítica aberta aos governantes durante o Globo Esporte desta terça-feira (23).

Casagrande quebrou o protocolo e novamente defendeu a paralisação do futebol no país após o agravamento da pandemia do novo coronavírus.

Exaltando à beira do colapso dos sistemas de saúdes nas capitais, o ex-jogador soltou os cachorros contra as entidades responsáveis pelos jogos e lamentou a situação delicadíssima atravessada no país:

"É uma vergonhoso o que está acontecendo. O presidente da federação paulista e da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) resolveram não respeitar nada, não prestar atenção no número de mortes que está acontecendo pelo país, a falta de oxigênio, pessoas morrendo na fila por um leito de UTI, mortos jogados no chão lá em Brasília porque os necrotérios estão lotados. Olha o tamanho do Brasil"

Casagrande também fez questão de citar o nome do presidente Jair Bolsonaro e detonou sua postura durante o combate à disseminação do vírus:

"Se o Jair Bolsonaro envergonha o país na parte política, o presidente da CBF está envergonhando o futebol brasileiro. É uma vergonha o que esses caras estão fazendo, uma falta de respeito, falta de solidariedade, falta de empatia", atacou.

COMPLICAÇÕES

Na última segunda-feira (22), Geraldo Luís chocou os seguidores ao revelar que perdeu os movimentos da perna direita por complicações da Covid-19.

Após levar alta do hospital, o apresentador surgiu fazendo fisioterapia para se recuperar da sequela deixada pelo coronavírus.